Pular a navegação e ir direto para o conteúdo


Categorias

  • Nenhuma categoria

Blog

  • 29 mar

    Trabalho artístico irá ocupar traseiras dos ônibus da cidade

    Subindo a Rua da Bahia, em Belo Horizonte, duas esquinas depois da Biblioteca Pública, tem um semáforo. Praticamente todos os cruzamentos da Rua da Bahia tem um semáforo, mas o dessa esquina tem um pequeno quebrado no vidro da luz verde. Um micro-furo quadrado no vidro, que cria um ponto amarelo na luz verde.

    Há uma bica de água pura, ao lado da estação de metrô do bairro Horto, que derrama água invariavelmente. Tem gente que bebe, outros a usam para lavar ou para refrescar-se num dia de calor.

    As histórias e poesias da cidade estão em suas esquinas. Ninguém melhor para contá-las do que seus moradores. Esta é a proposta do projeto Travessão – Coletivos em conversa: promover uma conversa entre a cidade e seus habitantes utilizando as traseiras dos ônibus como suporte. Por meio de fotos, desenhos, pintura, texto ou outras formas de expressão, o projeto irá ocupar estes espaços normalmente destinados à publicidade.

    “Convidamos pessoas interessadas em viver a cidade como espaço de expressão e troca, para criarmos juntos essas linhas de conversa”, diz Elisa Marques, que idealizou o projeto junto de Nian Pissolati. O trabalho, que teve sua primeira edição em 2010, mantém como eixo em 2012, a discussão de temas como cidadania, ocupação do espaço público e memória coletiva.

    Os interessados podem participar do projeto através das Oficinas de Criação Coletiva ou do Prêmio Travessão. As oficinas acontecem de maio a julho, com duas turmas que serão criadas nos Centros Culturais Padre Eustáquio e Pampulha. Com encontros semanais, os participantes devem criar peças gráficas que irão circular na traseira do ônibus 4410 – linha que liga os dois centros culturais. A participação é gratuita e o único requisito é ser maior de 16 anos.

    O Prêmio Travessão, irá selecionar quatro propostas de criação artística para ocupação desses espaços do ônibus. Os projetos serão selecionados através de um edital e receberão, cada um, um prêmio no valor de R$1.000,00. A idade mínima do proponente deve ser 18 anos.

    “Nossa ideia é que as pessoas interajam com bairros da cidade que normalmente não freqüentem, e que desse encontro surjam trabalhos artísticos que iremos colar nas traseiras de ônibus”, ressalta Pissolati.

    As inscrições para as oficinas e para o prêmio estão abertas até 28 de abril e devem ser feitas em um dos 15 centros culturais da Prefeitura, que ficam abertos de terça-feira a sábado.

    Para acessar o edital completo, formulários de inscrição e ver registros da primeira edição do projeto Travessão, acesse www.travessao.net.

    Detalhes

    Leia mais
  • 29 mar

    Corpo Cidadão seleciona jovens para Grupo Experimental de Música

    No dia 02 de abril, das 12h às 13h30 a ONG Corpo Cidadão seleciona jovens de 14 a 20 anos com experiência em música* para participar do Grupo Experimental. Os interessados devem levar comprovante de frequência, declaração de escolaridade e cópia da identidade e CPF. A audição acontece às 14h.

    A ONG Corpo Cidadão utiliza a arte e a educação como instrumentos de transformação. Criada há mais de dez anos pelo Grupo Corpo Companhia de Dança e atua em diversos locais de Belo Horizonte e entorno onde predominam o risco e a vulnerabilidade social.

    A instituição atende jovens de 6 a 25 anos que trocam experiências com arte-educadores; famílias e escolas também participam. Entre as atividades oferecidas estão oficinas de dança, música, confecção de instrumentos, percussão, artes visuais e capoeira angola.

    * teclado, guitarra, violão, baixo, flauta, clarinete, saxofone e trombone

    Detalhes

    Leia mais
  • 28 mar

    ROJO® apresenta a 5ª edição do ®NOVA, mostra multidimensional de cultura contemporânea inédita em Belo Horizonte

    ®Nova Cultura Contemporânea é um festival multidimensional de arte colaborativa em progresso, que reúne a vanguarda contemporânea internacional em música, artes visuais e audiovisuais. O evento que já aconteceu em São Paulo (2010 e 2011), Los Angeles (2010) e Rio de Janeiro (2010) este ano ganha edições em Belo Horizonte e Barcelona.

    Com abertura em São Paulo, no dia 03 de abril, a mostra apresentará cerca de 50 shows música e contará com mais de 100 artistas nacionais e internacionais trabalhando ao vivo, se revezando simultaneamente em espaços culturais de São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte e Barcelona para trabalhar em colaboração, ocupando os espaços em camadas, de forma que a exposição esteja sempre viva e só seja finalizada na última semana.

    Oferecendo mais de 80 horas de cinema, artes plásticas e video-arte, serão 55 dias apresentando uma experiência única, reunindo a diversidade cultural da arte contemporânea com o uso de cores, luzes, texturas, música, design, composições artísticas colaborativas e integradas.

    O festival é uma grande obra em construção ao vivo, que combina arte visual, experimentalismo, técnicas contemporâneas, recursos tecnológicos e arrebatamento. A ideia partiu da ROJO®, fundada há 11 anos, em Barcelona, por David Quiles Guilló – diretor e curador da mostra, cujas edições anteriores já passaram por São Paulo, Los Angeles e Rio de Janeiro.

    Penique Productions (ESP) | instalação

    Em Belo Horizonte a mostra é realizada em parceria com o CentoeQuatro e Escola Guignard e apoio cultural do BDMG e Governo do Estado de Minas Gerais. O evento também será realizado em espaços culturais de São Paulo, Rio de Janeiro e Barcelona.

    As instalações, vídeos e mostra de filmes tomam conta do CentoeQuatro de 22 a 31 de maio, clique aqui e confira a programação.

    Detalhes

    Leia mais
  • 26 mar

    Kiyosato Museum of Photographic Arts abre inscrições para receber portfólios de jovens fotógrafos

    O Kiyosato Museum of Photographic Arts (K*MoPA) mantém um programa anual de aquisição de obras de jovens fotógrafos de qualquer parte do mundo com até 35 anos. Este ano, o período de inscrições será de 15 abril  a 15 maio.

    Segundo o museu, o convite não é uma chamada para um concurso no qual os trabalhos são julgados e classificadas, pelo contrário, o Museu quer incluir obras de jovens fotógrafos na sua coleção permanente.

    Comitê de seleção 2012:
    Kikuji Kawada, Hiroh Kikai, Eikoh Hosoe (Director do Museu)

    Mais informações no site yp.kmopa.org

    Detalhes

    Leia mais
  • 25 mar

    Esclarecimento ao público

    Por algum motivo que desconhecemos houve ampla divulgação de um show de Célio Balona, dentro do projeto Gafieira em BH, que aconteceria ontem, 24/03, no CentoeQuatro.

    Informamos que esse evento é produzido pela IDEAR PRODUÇÕES e toda divulgação e assessoria de imprensa é de responsabilidade da mesma.

    Em nome da IDEAR pedimos desculpas ao público que compareceu no CentoeQuatro neste sábado e informamos que a data do evento é dia 14 de abril.

    Esperamos vocês.

    Detalhes

    Leia mais
  • 20 mar

    II Semana da Fotografia abre inscrições para projetos e ensaios fotográficos

    A segunda edição da Semana da Fotografia de Belo Horizonte acontecerá de 16 a 19 de agosto de 2012 aqui no CentoeQuatro. Os interessados em participar da exposição coletiva podem inscrever projetos ou ensaios fotográficos. As inscrições estão abertas e podem ser feitas até o dia 14 de maio através do site semanadafotografiabh.com.br

    Podem participar da seleção fotógrafos e artistas visuais nascidos no Estado ou residentes há mais de dois anos. A avaliação dos projetos será realizada por uma comissão curadora composta por Arnold Borgerth, Fabiana Figueiredo, João Castilho, Kátia Lombardi e Tibério França. Os trabalhos selecionados receberão uma ajuda de custo de R$1.500,00 e ficarão expostos por 30 dias, com entrada gratuita, no CentoeQuatro.

    Além da mostra coletiva, a 2ª Semana da Fotografia de Belo Horizonte contará com algumas exposições individuais e atividades culturais diversas, envolvendo vários espaços espalhados pela cidade, assim como instalações, projeções multimídia, oficinas de fotografia básica, palestras, encontros com autores e leituras de portfolio.

    Consulte o edital completo e participe. Veja aqui as fotos da Semana da Fotografia que aconteceu no ano passado.

    Detalhes

    Leia mais
  • 15 mar

    Festival de Inverno da UFMG promove concurso público para criação de identidade visual

    O Festival de Inverno da UFMG promove concurso público para a criação da identidade visual da 44ª edição. Designers, artistas, coletivos, educadores, estudantes e demais interessados podem apresentar uma proposta criativa para a identidade do festival que acontece de 15 a 26 de julho na cidade de Diamantina.

    Um briefing público será realizado no dia 24 de março, às 11h no Centro Cutltural da UFMG. Para quem não mora na cidade ou não puder comparecer, a apresentação do briefing será gravada e disponibilizada posteriormente na UFMGTube.

    A participação no concurso é gratuita e os trabalhos devem ser entregues até às 17h do dia 09 de abril.  As propostas serão avaliadas por uma comissão julgadora formada por professores dos cursos de Design, Comunicação, Arquitetura e Artes Visuais. A proposta vencedora receberá um prêmio no valor de R$5.000,00.

    Veja aqui o edital completo.

    Detalhes

    Leia mais
  • 14 mar

    Dudude comemora 40 anos de trajetória artística

    De 22 a 25 de março (quinta a domingo), a artista de dança Dudude comemora 40 anos de trajetória artística, com uma programação de quatro dias que reúne lançamento de livro, performance e concertos para dança e violão. As festividades terão a participação de vários colaboradores de estrada. “Uma andorinha só não faz verão. Para mim, celebrar este momento e estar com alguns colaboradores tem uma importância singular e traz uma alegria enorme, explica a artista.

    Bailarina, improvisadora, coreógrafa, diretora de espetáculos e professora de dança, Dudude começou os estudos nos anos 70 e fez parte da geração do Grupo Trans-Forma BH/MG. Dirigiu seu estúdio por 15 anos com diversas atividades na área de dança e seus desdobramentos. Esteve à frente da Benvinda Cia de Dança por 16 anos. Ministra cursos e oficinas no campo da produção de sensibilidades. Desenvolve parcerias criativas com artistas de diversos campos de expressão dentro e fora do país. Atualmente promove eventos focados na arte contemporânea. Dudude segue trabalhando interessada e curiosa em assuntos de arte/vida.

    Para abrir a comemoração Dudude prepara o lançamento de seu livro “Caderno de Notações – a poética do movimento no espaço de fora”. A obra vem no momento em que completa 40 anos de persistência, resistência, existência e criação no campo da dança. “Ele chega no momento exato de minha maturidade como artista”, explica Dudude que descobriu na escrita também uma forma de expressão distinta do movimento. O desejo de escrever o livro nasceu de uma experiência vivida fora do país. “Eu passava muito tempo sozinha em estado de observação das coisas, com um olhar estrangeiro. Os menores detalhes me chamavam a atenção. Comecei a fazer pequenas anotações e fazendo conexões entre Arte e Vida sentada em um banco de uma praça pública. Foi nesse momento que dei inicio ao esboço da pesquisa sobre essa poética”, diz.

    “Uma andorinha só não faz verão” por DUDUDE from Frederico Herrmann on Vimeo.

    No programa do concerto “Dança e Violão” haverá dois trabalhos distintos, mas que possuem em comum o que Dudude chama de “estruturas ventiladas para a improvisação em dança”. O concerto está dividido em duas partes:

    - primeira parte: “Às voltas com o dançar”
    Dudude dança acompanhada pelo violonista Frederico Herrmann* que interpreta composições próprias. Este trabalho já foi apresentado em diversas cidades do Brasil, além de realizar turnê em Colônia (Alemanha) e Lucerna (Suíça).

    - segunda parte: “Um solo para uma dança e um violão”
    Dudude dança ao som de Renato Motha**, parceria que já dura 16 anos, com apresentações em diversas cidades do Brasil, França e Alemanha.

    A proposta de “Vestidos para o Baile” é celebrar com amigos, colaboradores, parceiros e público em geral, os 40 anos da artista, a partir daquilo que é comum a todos: a dança como alimento para a composição em tempo real. O ambiente sonoro estará a cargo do multiartista Marcelo Kraiser. Dudude convidou pessoas que estiveram presentes na construção desses caminhos da improvisação.

    “Vaga – uma experiência de ocupação” é uma novidade para todos, inclusive para os próprios artistas que desenvolvem a parceria criativa, cultivada há quase vinte anos. Nesta performance o público vai se deparar com o processo para a construção do terceiro trabalho de Dudude e Marco Paulo Rolla que tem estreia prevista ainda para este ano. ”Utilizaremos nossos desejos para ocupar o espaço vago de uma sala, e assim, desvelarmos imagens experimentais na pesquisa de um futuro trabalho. Nossas habilidades na performance, na ação cênica, vão nortear e temperar a ocupação”, explica Dudude.

    Para ver a programação completa clique aqui.

    *Frederico Herrmann é compositor e violonista clássico, formado pela Escola de Música da UFMG, com mestrado em performance Musical pela Escola Superior de Música de Lucerna, na Suíça.

    **Renato Motha é cantor, compositor, violonista e arranjado. Tem na música brasileira seu principal foco de pesquisa, com influências no jazz, na música clássica e contemporânea. Lançou álbuns no Brasil e no Japão e acumula prêmios nacionais como cantor e compositor.

    Detalhes

    Leia mais
  • 08 mar

    Prêmio EDP nas Artes recebe inscrições de jovens artistas

    Boa dica para quem estuda Artes Visuais: o Instituto Tomie Ohtake, em parceria com o Instituto EDP, promove a terceira edição do Prêmio EDP nas Artes. Idealizado para estimular a produção artística contemporânea, jovens artistas com até 27 anos e residentes no país há pelo menos dois anos podem se inscrever até dia 10 de abril. Além da premiação uma série de atividades será desenvolvida ao longo do ano, como cursos, palestras, workshops e exposições em regiões brasileiras onde o acesso à arte contemporânea é mais restrito.

    Os três finalistas terão suas produções acompanhadas por críticos durante um ano, cabendo ao primeiro colocado uma bolsa de dois meses em uma instituição de arte, no exterior; ao segundo uma viagem pelo programa Dynamics Encounters acompanhada pelo professor Charles Watson, e ao terceiro, duas bolsas de estudo em cursos no Instituto Tomie Ohtake. Ao professor indicado pelo vencedor também caberá uma viagem ao exterior pelo programa Dynamics Encounters, acompanhado por Charles Watson.

    O júri será composto por uma comissão formada por críticos de arte, galeristas, curadores e artistas. O anúncio dos artistas selecionados está previsto para a primeira semana de maio de 2012 e a inauguração da exposição dos trabalhos dos finalistas, assim como a premiação dos 3 primeiros colocados, será realizada em meados de maio de 2012, no Instituto Tomie Ohtake.

    O edital completo pode ser acessado em www.institutotomieohtake.org.br

    Em 2010, o prêmio recebeu 267 trabalhos provenientes de 12 Estados de todo o Brasil, entre os quais 18 selecionados para a exposição no Instituto Tomie Ohtake, de onde saíram os três vencedores: Lucas Dupin (1º), Theo Craveiro (2º), Daniel de Paula (3º), enquanto a paraibana Íris Helena recebeu a menção honrosa.

    Detalhes

    Leia mais
  • 02 mar

    Últimos dias para inscrever na Escola Internacional de Cine e TV de Cuba

    As inscrições para o processo seletivo do curso regular 2012 / 2015 da EICTV encerram no dia 10 de março. Serão oferecidas oito especializações – Direção, Produção, Roteiro, Fotografia, Som, Documentário, Edição e a nova especialidade TV e Novas Mídias.

    As provas serão aplicadas nos dias 16 e 17 de março, em cinco cidades: Belo Horizonte / MG, Recife / PE, Florianópolis / SC, Goiânia / GO e Belém / PA. O curso tem duração de 3 anos. O início está previsto para setembro de 2012 e término em julho de 2015.

    Os candidatos devem ter entre 22 e 29 anos (nascidos entre 1982 e 1990) e preencher e enviar por e-mail a ficha de inscrição indicando o local onde fará os exames. No dia da prova, deverá apresentar currículo impresso, carta de motivação, autorretrato em qualquer suporte, técnica ou formato e um arquivo pessoal (portfólio) com materiais em cine, vídeo, foto fixa, música, artes gráficas, literatura, teatro, imprensa, e outros, em cuja elaboração haja participado ou desempenhado um papel significativo e criativo. O valor da inscrição é R$50,00 e deve ser pago em dinheiro, no dia da prova.

    Cada candidato responderá a 2 provas escritas, no dia 16 de março: uma de conhecimentos gerais e uma correspondente à especialização que escolheu. Os candidatos aprovados nas provas escritas passarão por entrevista oral no dia seguinte (17 de março).

    As informações completas e fichas de inscrição estão disponíveis na internet através dos sites da Associação Curta Minas / ABD-MG (www.curtaminas.com.br), da Fundação Joaquim Nabuco / PE (www.fundaj.gov.br), da AGEPEL / GO (www.agepel.go.gov.br), do SINTRACINE / SC (www. sintracine.org), do Instituto de Artes do Pará (www.iap.alcantara.net.br) e pelo blog www.eictvpara.blogspot.com

    Após o preenchimento, a ficha de inscrição deve ser enviada por e-mail para eictvbrasil@gmail.com.

    Detalhes

    Leia mais