Pular a navegação e ir direto para o conteúdo


Categorias

  • Nenhuma categoria

Blog

  • 21 out

    Filme “Raça” tem sessão comentada nesta terça, 22/10

    O cineasta brasileiro Joel Zito Araújo e a documentarista norte-americana Megan Mylan – vencedora do Oscar com o documentário Smile Pinki (2008) – se tornaram amigos em meados da década de 1990, mas foi em 2004 que surgiu a ideia de dirigirem um filme juntos. Fruto dessa parceria, o documentário de longa-metragem “Raça”, coprodução entre Brasil e Estados Unidos, será exibido pela primeira vez na Mostra Première Brasil– Hors Concours no Festival do Rio.

    Para captar o debate racial que se tornou constante na mídia desde o início do século XXI, os diretores decidiram acompanhar de perto, durante cinco anos, três personalidades negras que estão – cada uma a sua maneira – na linha de frente dessa batalha pela igualdade: Paulo Paim, único negro no Senado Federal; Netinho de Paula, cantor, apresentador de TV e empresário; e Miúda dos Santos, neta de escravos e ativista quilombola. Joel e Megan fecharam uma parceria com o Fundo Baobá e parte da renda obtida pela bilheteria nacional será revertida para a entidade – voltada à promoção da equidade racial da população negra brasileira e ao apoio a projetos nesse sentido.

    O documentário foi filmado entre os anos de 2005 e 2011. A preocupação dos diretores em examinar o tema de forma ampla se revela por meio de personagens de diferentes regiões do país – Brasília, São Paulo e Espírito Santo – envolvidos em projetos díspares que têm em comum a busca da superação da desigualdade racial.

    “A ideia por trás da escolha dos personagens foi mostrar histórias que contemplassem a diversidade de renda e gênero no universo específico da população negra brasileira”, diz Joel Zito. “Foi um privilégio acompanhar este momento histórico de transformação social no Brasil. Queremos utilizar o poder de cinema, de uma história bem contada, para discutir como um Brasil moderno pode ser um país que valoriza a diversidade e a inclusão”, explica Megan Mylan.

    Raça está em cartaz no Cine 104. E nesta terça, 22/10, o professor e coordenador do Programa Ações Afirmativas da UFMG, Rodrigo Ednilson de Jesus participa de uma sessão comentada.

    :: 
De 18 a 24 de outubro de 2013 (exceto segunda)
    Horário: 20h30
    Ingressos: R$10,00 (inteira) R$5,00 (meia)

    Sessão comentada com o  professor e coordenador do Programa Ações Afirmativas da UFMG, Rodrigo Ednilson de Jesus
    :: Terça-feira, 22 de outubro de 2013
    Horário: 20h30
    Ingressos: R$10,00 (inteira) R$5,00 (meia)

    Mini currículo do professor Rodrigo Ednilson de Jesus

    Graduado em Ciências Sociais, Mestre em Sociologia pela UFMG e Doutor em Educação pela Faculdade de Educação da Universidade Federal de Minas Gerais UFMG, Rodrigo Ednilson de Jesus é Professor Adjunto da Faculdade de Educação da Universidade Federal de Minas Gerais, no Departamento de administração Escolar. Atualmente é Coordenador do Programa Ações Afirmativas na UFMG e do Eixo Escola e seus sujeitos do Curso de Formação de Intercultural de Educadores Indígenas da UFMG. Participa ainda, na UFMG, do NERA/UFMG (Núcleo de Estudos sobre Relações Raciais e Ações Afirmativas) e do Observatório da Juventude. Tem experiência nas áreas de Políticas de Educação e Diversidade, Sociologia, Educação para as relações étnico-raciais, juventude e escola e representações sociais.

    Sobre o Programa Ações Afirmativas da UFMG

    O Programa Ações Afirmativas na UFMG Programa existe desde 2002 e está sediado na Faculdade de Educação. O Programa conta com a participação de docentes da Faculdade de Educação, da Escola de Ciência da Informação e da escola de Educação Básica e Profissional da UFMG – Centro Pedagógico – e de estudantes de graduação e de pós-graduação da UFMG, procedentes de diferentes áreas do conhecimento. Trata-se de uma proposta de Ação Afirmativa que busca a articulação entre atividades de ensino, pesquisa e extensão, em torno de temas como educação, cultura, políticas públicas, formação de professores e relações raciais.

    Desde a sua criação, o Ações Afirmativas vem implementando políticas e práticas de permanência bem sucedida na universidade, voltadas prioritariamente para jovens negros(as), sobretudo, os de baixa renda, regularmente matriculados(as) nos cursos de graduação da UFMG. O trabalho estrutura-se a partir de duas linhas de ação. A primeira envolve atividades de apoio aos estudantes beneficiários do Programa, tanto do ponto de vista acadêmico, quanto material.

    A segunda volta-se para o desenvolvimento de sua identidade étnico-racial, a partir de debates, no interior da Universidade, acerca da questão racial na sociedade brasileira. Os estudantes são incentivados a envolverem-se em atividades que possam atrair outros afro-brasileiros(as) pobres para o debate sobre a questão racial e as políticas de ações afirmativas e a despertar o interesse desses jovens para o ingresso no ensino superior.

    A partir dessas ações, o Programa se estrutura de forma a constituir-se como um fórum sistemático de debates na UFMG, acerca da problemática étnico-racial brasileira, envolvendo não apenas a comunidade acadêmica, como também a comunidade externa à Universidade.

     

     

    Detalhes

    Leia mais
  • 14 out

    Inscrições abertas para as edições de novembro e dezembro do BAU

    Estamos caminhando para as festas de fim de ano e devido à grande procura, o BAU {bazar de arte e utilidades} do CentoeQuatro terá mais quatro edições até o fim de 2013. Vejam as datas confirmadas:

    _ 10 de NOVEMBRO de 2013
    _ 08 de DEZEMBRO de 2013
    _ 15 de DEZEMBRO de 2013
    _ 22 de DEZEMBRO de 2013

    Por isso, oferecemos três pacotes promocionais:

    PACOTE A:
    Para aqueles expositores que fecharem a sua participação em todas as 04 (quatro) edições, até o dia 31 de outubro > 20% de desconto no valor total;

    PACOTE B:
    Para aqueles expositores que fecharem a sua participação em 03 (três) edições, até o dia 31 de outubro > 15% de desconto no valor total;

    PACOTE C: Para aqueles expositores que fecharem a sua participação em 02 (duas) edições até o dia 31 de outubro > 10% de desconto no valor total;

    A divulgação do BAU {bazar de arte e utilidades} para cada uma destas quatro edições será fortalecida com ações nas seguintes mídias:

    - 36 inserções de spot na Rádio Inconfidência;
    - 5.000 flyers impressos (distribuídos em pontos estratégicos da zona centro, centro-sul e sul)
    - E-flyers;
    - Cartazes distribuídos nos principais pontos de cultura e convivência da cidade;
    - Banner externo no prédio do CentoeQuatro;
    - Ações nas redes sociais do CentoeQuatro: webpage, Twitter, Facebook e blog;
    - Newsletter do CentoeQuatro para 7.000 contatos.

    Você gostaria de participar? Garanta sua vaga entrando em contato, até 31 de outubro (quinta-feira) através do e-mail inscricoes@centoequatro.org

    É novo por aqui? Envie um e-mail para inscricoes@centoequatro.org com fotos e descrição da sua marca e/ou produto. Você receberá todas as informações sobre como participar do BAU.

    Detalhes

    Leia mais