Pular a navegação e ir direto para o conteúdo


Filtrar por data

Como Chegar

Praça Ruy Barbosa, 104 | Centro
Belo Horizonte | MG | 30.160-000
Telefone: (31) 3222-6457
contato@centoequatro.org

Funcionamento:
Café 104, Cine 104 e espaços multiuso: consulte a programação

Estacionamento conveniado: Park Box | Av. Santos Dumont, 218 | Centro | R$ 5,00 (preço único) | Em função das obras do BRT, fique atento à sinalização para saber como fica o acesso

Acesso para deficientes

Programação

  • 17 abr 23 abr 2014

    Hoje eu quero voltar sozinho

    [2ª semana] Hoje eu quero voltar sozinho
    Direção: Daniel Ribeiro | Brasil, 2014, 96 min | Classificação indicativa: 12 anos

    * premiado no Festival de Berim 2014 – Melhor Filme da Mostra Panorama, segunda a crítica; Prêmio Teddy Award (melhor filme de temática relacionada à diversidade e liberdade sexual) e segundo melhor filme na escolha do público do festival.

    Elenco: Ghilherme Lobo, Fabio Audi, Tess Amorim

    Sinopse: Leonardo, um adolescente cego, tenta lidar com a mãe superprotetora ao mesmo tempo em que busca sua independência. Quando Gabriel chega na cidade, novos sentimentos começam a surgir em Leonardo, fazendo com que ele descubra mais sobre si mesmo e sua sexualidade.

    → De 17 a 23 de abril de 2014 (exceto segunda-feira)
    Horários: 17h, 19h e 20h40
    Ingressos: R$10 (inteira) R$5 (meia)

    → no dia 24 de abril, o filme será exibido às 20h40, numa sessão especial comentada pelo diretor, Daniel Ribeiro

    Site oficial

    Detalhes

    Saiba mais
  • 23 abr 30 abr 2014

    Retratos de artista

    As quartas-feiras de abril serão reservadas para encontros com artistas da música participantes do projeto Retratos de Artista: Molduras do Pensamento. Jorge Mautner, Paulo César Pinheiro, Hermeto Pascoal e Roberto Tibiriçá são os convidados para a prosa com os companheiros de mesa Vera Casa Nova, Sérgio Santos, Kiko Ferreira e Heloisa Fischer.

    A cada sessão, convidados e mediadores ficarão à vontade para construir uma conversa solta e prazerosa passando por temas, como criação, existência, arte em geral, encontros, desencontros, carreira. O projeto Retratos de Artista: Molduras do Pensamento está na segunda edição e trata-se de uma iniciativa de um grupo de apreciadores de cultura que resolveu produzir um encontro com artistas admirados por eles.

    → Quarta-feira, 09 de abril
    Horário: 19h30
    Jorge Mautner conversa com Vera Casa Nova

    → Quarta-feira, 16 de abril
    Horário: 19h30
    Paulo César Pinheiro conversa com Sérgio Santos

    → Quarta-feira, 23 de abril
    Horário: 19h30
    Hermeto Pascoal conversa com Kiko Ferreira
    Capacidade: 430 pessoas

    → Quarta-feira, 30 de abril
    Horário: 19h30
    Roberto Tibiriçá conversa com Heloísa Fischer

    Entrada gratuita mediante ordem de chegada. O Café 104 abrirá às 18h e a capacidade do local é de 120 pessoas.

    Mais informações no blog do projeto.

    Sobre Jorge Mautner
    Jorge Mautner é músico e também autor de livros e roteiros, apresentador de TV e criador de um site na internet. Apreciador de literatura, filosofia e de música brasileira no sentido amplo, ele construiu seu caminho musical com um jeito próprio de cantar e irreverência e inteligência nas criações. Ao longo da vida, se uniu a nomes, como Celso Sim, Caetano Veloso, Gilberto Gil, Nelson Jacobina e, mais recentemente, Orquestra Imperial. Sua companheira de conversa é a professora de Letras da UFMG, Vera Casa Nova, pesquisadora de poéticas contemporâneas.

    Sobre Paulo César Pinheiro
    O número de parceiros é difícil de contar. Baden Powell, João Bosco, João Nogueira, Tom Jobim e Lenine são alguns. Paulo César Pinheiro é compositor, poeta da vida transfigurada em canções, inúmeras importantíssimas para a história da MPB. Já são mais de duas mil composições . Da safra recente, foram lançados com letras dele os discos “Candeia Branca”, da mulher Luciana Rabello, e “Rimanceiro”, do músico mineiro Sérgio Santos, seu parceiro habitual e companheiro nessa conversa.

    Sobre Hermeto Pascoal
    Pedra, barriga, água, apito, cano, caixa, piano, flauta, sanfona. De tudo sai um som pescado pela sensibilidade singular do alagoano Hermeto Pascoal, que começou a flertar com a música ainda criança. Aos 77 anos, é reconhecido mundialmente pelo talento e inventividade.Tem mais de três mil músicas próprias. Ele conversa com o radialista, pesquisador de música e escritor Kiko Ferreira, residente em Belo Horizonte.

    Sobre Roberto Tibiriçá
    O mastro Roberto Tibiriçá esteve à frente das principais orquestras brasileiras, a exemplo das sinfônicas Brasileira (OSB), do Estado de São Paulo, de Minas Gerais e Petrobras Sinfônica. Ao mesmo tempo, desenvolve trabalhos com os clássicos populares, o que o aproxima da música de artistas, como Gilberto Gil, Sivuca, Francis Hime e Wagner Tiso. É um dos criadores da série “Sinfônica Pop”, adotada por muitas orquestras, que promovem concertos ao lado de artistas da MPB. Ele vai conversar com a jornalista carioca Heloísa Fischer, especializada em música clássica, fundadora e diretora-geral da VivaMúsica! Edições.

    Detalhes

    Saiba mais
  • 24 abr 2014

    [lançamento de livro + show] Matheus Brant

    [lançamento de livro + show] Matheus Brant

    Foi na disciplina Fundamentos Filosóficos do Trabalho, no Mestrado do Programa de Pós-graduação da Faculdade de Direito da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), que o músico e advogado Matheus Brant teve contato com a obra A Condição Humana, de Hannah Arendt, e aprofundou seu olhar sobre os vazios presentes no Direito do Trabalho. Instigado pelo tema, concluiu o curso com a dissertação “As Dimensões Esquecidas pelo Direito do Trabalho: composições e reflexões a partir de Hannah Arendt”.
     
    O estudo, no entanto, ganhou corpo e ultrapassou o universo acadêmico.Será lançado em abril como livro. Na interface entre filosofia, direito e arte, a obra “A música e o vazio no trabalho: reflexões jurídicas a partir de Hannah Arendt” (editora Initia Via) apresenta as múltiplas dimensões do trabalho em seu significado mais profundo para explicitar o inefável sob o ângulo do saber juridico-filosófico.
     
    O livro traz encartado um CD, o segundo de Matheus, com cinco canções compostas por ele.  Gravado e mixado por Lenis Rino e masterizado por Felipe Tichauer, as músicas como “Uma” e “Quintal” foram escritas durante a pesquisa e elaboração da dissertação e integram o próprio texto, ao lado da palavra escrita.
     
    Lançamento do livro ‘A música e o vazio no trabalho: reflexões jurídicas a partir de Hannah Arendt’ e show com músicas do CD que acompanha a edição
    → Quinta-feira, 24 de abril de 2014
    Horário: 20h
    Café 104

    *Na ocasião do lançamento, o livro será vendido pelo valor promocional de R$ 50,00

    Clique aqui e saiba mais sobre Matheus Brant

    Detalhes

    Saiba mais
  • 25 abr 2014

    Chuva a granel

    A banda Chuva a Granel lança No Ar, Dentro da Caixa, seu primeiro álbum. Desde 2008 os integrantes do grupo pesquisaram sonoridades, palavras, arranjos e composições para formar sua identidade sonora. O resultado é  um som com influência da música brasileira e do blues com destaque para a gaita, marca registrada da banda.

    Show de lançamento oficial do EP e vídeoclipe Achados & Perdidos

    → Sexta-feira, 25 de abril de 2014
    Horário: 21h
    Couvert: R$20,00
    Classificação: 18 anos
    Café 104

    Conheça, ouça:

    Detalhes

    Saiba mais
  • 25 abr 2014

    5º Juventude Okupa a Cidade

    Diversos grupos juvenis de Belo Horizonte e Região Metropolitana vão ocupar o centro de Belo Horizonte durante o Juventude oKupa a Cidade: fazendo política além dos limites. Em sua quinta edição, a proposta do evento é apresentar/discutir diferentes formas de ocupação do espaço urbano, entendendo essas manifestações como modos legítimos de participação social. O 5º okupa vai contar com apresentações artístico-culturais de diferentes grupos juvenis de Belo Horizonte e Região Metropolitana, além de um debate sobre o Estatuto da Juventude, lei que garante os direitos da população jovem no país e que está em vigor desde o último dia 2 de fevereiro.

    Estão confirmados o grupo IP4:20, do Barreiro (BH); o grupo Praça Hip Hop, de Venda Nova (BH); o Grupo de Dança Mafiosos, de Santa Luzia; o Sarau dos Vagal, de Nova Lima, e o Bloco das Pretas, de BH.

    → Sexta-feira, 25 de abril de 2014
    Horário: 18h
    Entrada gratuita, sujeita à lotação do espaço

    Capacidade: 400 pessoas. Classificação: Livre

    Detalhes

    Saiba mais
  • 26 abr 27 abr 2014

    Pinhole Day 2014

    O Dia Mundial da Fotografia Pinhole – Pinhole Day foi criado para promover e celebrar o ato simples e lúdico que é a produção de uma fotografia com câmera de orifício. A data é comemorada no último domingo do mês de abril. A técnica da fotografia pinhole utiliza câmeras artesanais, que consistem em recipientes totalmente escuros, nos quais a única entrada de luz é um pequenino furo – o termo pinhole significa furo de alfinete.

    O NIL – Núcleo Imagem Latente, grupo formado por professores e fotógrafos que se dedicam à fotografia, em parceria com o CentoeQuatro promovem uma exposição e dois dias de oficinas para celebrar essa data. Em Belo Horizonte, o NIL é responsável por todos os eventos de celebração doPinhole Day que acontecem na cidade desde 2001.

    Para inscrever nas oficinas não é necessário conhecimento prévio ou qualquer tipo de equipamento, todo o material será fornecido pelo NIL – Núcleo Imagem Latente. O resultado da produção da oficina poderá ser verificado no site do evento: www.pinholeday.org

    EXPOSIÇÃO
    :: Dias 26 e 27 de abril de 2014
    Horário: 9h às 18h
    Entrada gratuita

    OFICINAS
    → Sábado e domingo, 26 e 27 de abril de 2014
    Horários das turmas: 8h | 10h | 13h | 15h
    Inscrições: R$15,00 sem kit | R$35,00 com kit*
    Para se inscrever preencha este formulário e agende o dia e horário pelo telefone (31) 9601-5337
    Duração das oficinas: 1h40min
    Vagas limitadas
    * o kit é composto por: sacola, camiseta, câmera, papel fotográfico e manual
    Não é necessário nenhum pré-requisito

    Clique aqui e saiba mais sobre o Núcleo de Imagem Latente

    Detalhes

    Saiba mais
  • 26 abr 27 abr 2014

    Janela de Dramaturgia

    Idealizado em 2012 por Sara Pinheiro e Vinícius de Souza, o Janela de Dramaturgia chega à sua 3ª edição consolidando-se como um importante espaço de difusão, estímulo e discussão de dramaturgia contemporânea em Belo Horizonte.

    Em dois dias de encontro, irá reunir uma dezena de profissionais de Minas Gerais, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, São Paulo e Paraná – entre dramaturgos, professores, pesquisadores, artistas e críticos – para compartilhar ideias e palavras, potencializando trocas e experiências. Haverá rodas de conversa, leituras de textos e exposição de ideias.

    Sábado, 26 de abril de 2014
    Entrada gratuita

    16h | [roda de conversa] COMO VOCÊ FAZ?

    Tema: Processos criativos em dramaturgia
    Debatedores convidados: Diogo Liberano (RJ), Eid Ribeiro (MG) e Marina Viana (MG)
    Mediadora: Luciana Romagnolli
    18h | [leitura de texto]O narrador, de Diogo Liberano
    Sinopse: Três pessoas se reencontram no subsolo de um prédio comercial. Entre elas, um esforço em comum: contar histórias para lembrar o que era aquela coisa de ser humano.
    20h | [exposição de ideias] com Leonardo Moreira
    *Convidado para escrita de crítica: Henrique Vertchenko.

    → Domingo, 27 de abril de 2014
    Entrada gratuita

    16h | [roda de conversa] COMO VOCÊ MOSTRA?
    Produção e publicação em dramaturgia
    Debatedores convidados: Assis Benevenuto (MG), Diones Camargo (RS) e Lígia Souza Oliveira (PR).
    Mediadora: Luciana Romagnolli
    18h | [roda de conversa] 
ONDE ESTÁ O ESPECTADOR?
    O espectador no processo de criação dramatúrgica
    Debatedores convidados: Leonardo Lessa (MG), Luiz Carlos Garrocho (MG) e Rita Gusmão (MG)
    Mediadora: Luciana Romagnolli
    20h | [leitura de texto] Frames – um ensaio para R. W. Fassbinder, de Diones Camargo
    Sinopse: Um set de cinema. Nele, quatro personagens – um ator, uma atriz, um diretor e uma assistente – se cruzam constantemente, revelando aos poucos facetas de suas relações pessoais e do filme que estão rodando – uma obra cujas narrativas ficcionais se confundem com os dramas vividos durante o próprio processo de filmagem.
    *Convidado para escrita de crítica: Henrique Vertchenko.

    Mais informações no site do evento

    Detalhes

    Saiba mais
  • 26 abr 2014

    Mostra do Filme Livre

    No dia 26 de abril, o Cine 104 cede espaço da sua programação regular para receber as sessões da 13ª Mostra Filme Livre que integram a ação Cineclubes Livres. A programação da mostra, acontece de abril até o final de maio e ao todo serão 130 sessões realizadas por 33 cineclubes, de 33 cidades e 19 estados brasileiros diferentes.

    Os cinemas e cineclubes participantes dessa iniciativa foram selecionados dentre 108 cineclubes que se inscreveram na ação Cineclubes Livres. Os critérios utilizados na escolha desses cineclubes foram o histórico do cineclube, o por que de fazer a Mostra do Filme Livre e a quantidade de sessões programadas. Uma soma de forças que amplia significativamente o público do cinema brasileiro e permite a circulação de pessoas e filmes em ambientes de efervescência cultural cinematográfica.

    → Sábado, 26 de abril de 2014 15h | Sessão Mundo Livre
    Curtas feitos por brasileiros no exterior ou de temática estrangeira
    Duração total da sessão: 79 min | Classificação indicativa: Livre
    _ clique sobre o título do filme para mais informações
    Square Times  | Dir. Daniel Caetano, RJ, 2013, 12 min
    Estação Bahia | Dir. André Michiles e Fábio Bardella, SP, 2012, 14 min
    Turismo de Guerra | Dir. Felipe Raphael Lopes Ivanicska, MG, 2013, 8 min
    Tango |Dir. Louis Robin, SP, 2013, 6 min
    Delírios de Françoise | Dir. Lucas Pelegrino Bonalumi, SP, 2013, 15 min
    Relatório número 1 | Dir. Ricardo Mendonça, RJ, 2013, 4 min
    Hoje  | Dir. Alessandra Colasanti, RJ, 2010, 7 min
    Vuvuzela’s dream | Dir. Felipe Kowalczuk, BA, 2013, 13 min

    17h Sessão Homenagem Das Tripas Coração
    Direção: Ana Carolina | Brasil/ RJ, 1982, 100 min | Classificação indicativa: 16 anos

    Sinopse: Um colégio de meninas, de altíssimo nível social, por motivos administrativos e econômicos, sofre uma intervenção estadual que vai determinar o fim de suas atividades. O interventor designado para encerrar essas atividades marca uma reunião para as cinco horas da tarde; no entanto, chega mais cedo e, na sala de reunião, enquanto aguarda, tira um rápido cochilo, em que sonha com todas as mulheres que pertencem a esse colégio. Vislumbra suas paixões. São os delírios do poder que fazem com que ele compreenda a alma feminina.

    19h | Sessão Curtas Livres (curtas)
    Uma seleção de curtas especialmente feita para os Cineclubes Livres, para a programação itinerante da MFL 2014
    Classificação indicativa: 14 anos | Duração total da sessão: 86min
    _ clique sobre o título do filme para mais informações
    A eleição é uma festa | Direção: Fábio Rogério, SE, 2013, 15 min
    Relatório número 1 | Direção: Ricardo Mendonça, RJ, 2013, 4 min
    Malha | Direção: Paulo Roberto, PB, 2013, 14 min
    Camila, agora | Direção: Adriel Nizer Silva, PR, 2013, 8 min
    No interior da minha mãe | Direção: Lucas Sá, MA, 2013, 17 min
    Em trânsito | Direção: Marcelo Pedroso, PE, 2013, 18 min
    Trans*lúcidx | Direção: Tamíris Spinelli, PR, 2013, 10 min

    21h | Sessão Homenagem | O Sol nos Meus Olhos
    Direção: Flora Dias e Juruna Mallon | Brasil/ RJ, 2013, 68 min | Classificação indicativa: 14 anos
    Sessão comentada com participação da diretora do filme, Flora Dias, do diretor de fotografia, Lucas Barbi, e do ator mineiro Rômulo Braga. Homenagem a atriz do filme, Cecília Bizzotto.

    Sinopse:  Um homem chega em casa e encontra sua mulher morta. Em um surto silencioso, pega o corpo e mergulha na estrada e no acaso em busca da reconstrução de sua própria realidade. Ela sobrevive em sua memória.

    Todas as sessões serão apresentadas e debatidas pelo coordenador da MFL, Guilherme Whitaker. Entrada gratuita com retirada de ingressos 30min antes do início da sesão

    Mais informações no site do evento

    Detalhes

    Saiba mais
  • 27 mai 28 mai 2014

    [curso] Maquiagem com efeitos especiais

    Através da maquiagem de efeitos especiais, uma pessoa comum pode ser transformada em um monstro grotesco ou em um assustador zumbi. Esse tipo de maquiagem requer precisão e a utilização de produtos e técnicas específicos para um efeito realista. Imaginação e potencial artístico são úteis em sua aplicação.

    Mari Figueiredo é maquiadora especializada em efeitos especiais realísticos, vencedora do Prêmio Avon de Maquiagem 2013 na categoria AUDIOVISUAL com especialização em Hollywood com grandes nomes da maquiagem. Nos dias 27 e 28 de maio, Mari ministra curso completo da base para efeitos especiais. O curso abrange técnicas desenvolvidas pela própria maquiadora, além das tradicionais e improvisação de material visto a grande dificuldade de encontrar materiais próprios no mercado. Serão abordados: cortes, hematomas, arranhões, queimaduras de 1º, 2º e 3º graus, feridas coaguladas, fraturas, cicatrização, envelhecimento e outros.

    → Dias 27 e 28 de maio de 2014
    Horários: das 08 às 13h, na segunda e das 8h às 15h na terça-feira
    Inscrições: R$700 à vista | R$750 em até 12 parcelas
    Idade mínima: 16 anos
    Clique aqui para fazer sua pré-inscrição

    Não é necessário nenhum pré-requisito. Material incluso.
    Será emitido certificado para quem comparecer nos dois dias do curso.
    Material necessário: secador de cabelo (para o segundo dia do curso)

    Detalhes

    Saiba mais

  • 17 abr 23 abr 2014

    Hoje eu quero voltar sozinho

    [2ª semana] Hoje eu quero voltar sozinho
    Direção: Daniel Ribeiro | Brasil, 2014, 96 min | Classificação indicativa: 12 anos

    * premiado no Festival de Berim 2014 – Melhor Filme da Mostra Panorama, segunda a crítica; Prêmio Teddy Award (melhor filme de temática relacionada à diversidade e liberdade sexual) e segundo melhor filme na escolha do público do festival.

    Elenco: Ghilherme Lobo, Fabio Audi, Tess Amorim

    Sinopse: Leonardo, um adolescente cego, tenta lidar com a mãe superprotetora ao mesmo tempo em que busca sua independência. Quando Gabriel chega na cidade, novos sentimentos começam a surgir em Leonardo, fazendo com que ele descubra mais sobre si mesmo e sua sexualidade.

    → De 17 a 23 de abril de 2014 (exceto segunda-feira)
    Horários: 17h, 19h e 20h40
    Ingressos: R$10 (inteira) R$5 (meia)

    → no dia 24 de abril, o filme será exibido às 20h40, numa sessão especial comentada pelo diretor, Daniel Ribeiro

    Site oficial

    Detalhes

    Saiba mais
  • 26 abr 2014

    Mostra do Filme Livre

    No dia 26 de abril, o Cine 104 cede espaço da sua programação regular para receber as sessões da 13ª Mostra Filme Livre que integram a ação Cineclubes Livres. A programação da mostra, acontece de abril até o final de maio e ao todo serão 130 sessões realizadas por 33 cineclubes, de 33 cidades e 19 estados brasileiros diferentes.

    Os cinemas e cineclubes participantes dessa iniciativa foram selecionados dentre 108 cineclubes que se inscreveram na ação Cineclubes Livres. Os critérios utilizados na escolha desses cineclubes foram o histórico do cineclube, o por que de fazer a Mostra do Filme Livre e a quantidade de sessões programadas. Uma soma de forças que amplia significativamente o público do cinema brasileiro e permite a circulação de pessoas e filmes em ambientes de efervescência cultural cinematográfica.

    → Sábado, 26 de abril de 2014 15h | Sessão Mundo Livre
    Curtas feitos por brasileiros no exterior ou de temática estrangeira
    Duração total da sessão: 79 min | Classificação indicativa: Livre
    _ clique sobre o título do filme para mais informações
    Square Times  | Dir. Daniel Caetano, RJ, 2013, 12 min
    Estação Bahia | Dir. André Michiles e Fábio Bardella, SP, 2012, 14 min
    Turismo de Guerra | Dir. Felipe Raphael Lopes Ivanicska, MG, 2013, 8 min
    Tango |Dir. Louis Robin, SP, 2013, 6 min
    Delírios de Françoise | Dir. Lucas Pelegrino Bonalumi, SP, 2013, 15 min
    Relatório número 1 | Dir. Ricardo Mendonça, RJ, 2013, 4 min
    Hoje  | Dir. Alessandra Colasanti, RJ, 2010, 7 min
    Vuvuzela’s dream | Dir. Felipe Kowalczuk, BA, 2013, 13 min

    17h Sessão Homenagem Das Tripas Coração
    Direção: Ana Carolina | Brasil/ RJ, 1982, 100 min | Classificação indicativa: 16 anos

    Sinopse: Um colégio de meninas, de altíssimo nível social, por motivos administrativos e econômicos, sofre uma intervenção estadual que vai determinar o fim de suas atividades. O interventor designado para encerrar essas atividades marca uma reunião para as cinco horas da tarde; no entanto, chega mais cedo e, na sala de reunião, enquanto aguarda, tira um rápido cochilo, em que sonha com todas as mulheres que pertencem a esse colégio. Vislumbra suas paixões. São os delírios do poder que fazem com que ele compreenda a alma feminina.

    19h | Sessão Curtas Livres (curtas)
    Uma seleção de curtas especialmente feita para os Cineclubes Livres, para a programação itinerante da MFL 2014
    Classificação indicativa: 14 anos | Duração total da sessão: 86min
    _ clique sobre o título do filme para mais informações
    A eleição é uma festa | Direção: Fábio Rogério, SE, 2013, 15 min
    Relatório número 1 | Direção: Ricardo Mendonça, RJ, 2013, 4 min
    Malha | Direção: Paulo Roberto, PB, 2013, 14 min
    Camila, agora | Direção: Adriel Nizer Silva, PR, 2013, 8 min
    No interior da minha mãe | Direção: Lucas Sá, MA, 2013, 17 min
    Em trânsito | Direção: Marcelo Pedroso, PE, 2013, 18 min
    Trans*lúcidx | Direção: Tamíris Spinelli, PR, 2013, 10 min

    21h | Sessão Homenagem | O Sol nos Meus Olhos
    Direção: Flora Dias e Juruna Mallon | Brasil/ RJ, 2013, 68 min | Classificação indicativa: 14 anos
    Sessão comentada com participação da diretora do filme, Flora Dias, do diretor de fotografia, Lucas Barbi, e do ator mineiro Rômulo Braga. Homenagem a atriz do filme, Cecília Bizzotto.

    Sinopse:  Um homem chega em casa e encontra sua mulher morta. Em um surto silencioso, pega o corpo e mergulha na estrada e no acaso em busca da reconstrução de sua própria realidade. Ela sobrevive em sua memória.

    Todas as sessões serão apresentadas e debatidas pelo coordenador da MFL, Guilherme Whitaker. Entrada gratuita com retirada de ingressos 30min antes do início da sesão

    Mais informações no site do evento

    Detalhes

    Saiba mais

  • 23 abr 30 abr 2014

    Retratos de artista

    As quartas-feiras de abril serão reservadas para encontros com artistas da música participantes do projeto Retratos de Artista: Molduras do Pensamento. Jorge Mautner, Paulo César Pinheiro, Hermeto Pascoal e Roberto Tibiriçá são os convidados para a prosa com os companheiros de mesa Vera Casa Nova, Sérgio Santos, Kiko Ferreira e Heloisa Fischer.

    A cada sessão, convidados e mediadores ficarão à vontade para construir uma conversa solta e prazerosa passando por temas, como criação, existência, arte em geral, encontros, desencontros, carreira. O projeto Retratos de Artista: Molduras do Pensamento está na segunda edição e trata-se de uma iniciativa de um grupo de apreciadores de cultura que resolveu produzir um encontro com artistas admirados por eles.

    → Quarta-feira, 09 de abril
    Horário: 19h30
    Jorge Mautner conversa com Vera Casa Nova

    → Quarta-feira, 16 de abril
    Horário: 19h30
    Paulo César Pinheiro conversa com Sérgio Santos

    → Quarta-feira, 23 de abril
    Horário: 19h30
    Hermeto Pascoal conversa com Kiko Ferreira
    Capacidade: 430 pessoas

    → Quarta-feira, 30 de abril
    Horário: 19h30
    Roberto Tibiriçá conversa com Heloísa Fischer

    Entrada gratuita mediante ordem de chegada. O Café 104 abrirá às 18h e a capacidade do local é de 120 pessoas.

    Mais informações no blog do projeto.

    Sobre Jorge Mautner
    Jorge Mautner é músico e também autor de livros e roteiros, apresentador de TV e criador de um site na internet. Apreciador de literatura, filosofia e de música brasileira no sentido amplo, ele construiu seu caminho musical com um jeito próprio de cantar e irreverência e inteligência nas criações. Ao longo da vida, se uniu a nomes, como Celso Sim, Caetano Veloso, Gilberto Gil, Nelson Jacobina e, mais recentemente, Orquestra Imperial. Sua companheira de conversa é a professora de Letras da UFMG, Vera Casa Nova, pesquisadora de poéticas contemporâneas.

    Sobre Paulo César Pinheiro
    O número de parceiros é difícil de contar. Baden Powell, João Bosco, João Nogueira, Tom Jobim e Lenine são alguns. Paulo César Pinheiro é compositor, poeta da vida transfigurada em canções, inúmeras importantíssimas para a história da MPB. Já são mais de duas mil composições . Da safra recente, foram lançados com letras dele os discos “Candeia Branca”, da mulher Luciana Rabello, e “Rimanceiro”, do músico mineiro Sérgio Santos, seu parceiro habitual e companheiro nessa conversa.

    Sobre Hermeto Pascoal
    Pedra, barriga, água, apito, cano, caixa, piano, flauta, sanfona. De tudo sai um som pescado pela sensibilidade singular do alagoano Hermeto Pascoal, que começou a flertar com a música ainda criança. Aos 77 anos, é reconhecido mundialmente pelo talento e inventividade.Tem mais de três mil músicas próprias. Ele conversa com o radialista, pesquisador de música e escritor Kiko Ferreira, residente em Belo Horizonte.

    Sobre Roberto Tibiriçá
    O mastro Roberto Tibiriçá esteve à frente das principais orquestras brasileiras, a exemplo das sinfônicas Brasileira (OSB), do Estado de São Paulo, de Minas Gerais e Petrobras Sinfônica. Ao mesmo tempo, desenvolve trabalhos com os clássicos populares, o que o aproxima da música de artistas, como Gilberto Gil, Sivuca, Francis Hime e Wagner Tiso. É um dos criadores da série “Sinfônica Pop”, adotada por muitas orquestras, que promovem concertos ao lado de artistas da MPB. Ele vai conversar com a jornalista carioca Heloísa Fischer, especializada em música clássica, fundadora e diretora-geral da VivaMúsica! Edições.

    Detalhes

    Saiba mais
  • 24 abr 2014

    [lançamento de livro + show] Matheus Brant

    [lançamento de livro + show] Matheus Brant

    Foi na disciplina Fundamentos Filosóficos do Trabalho, no Mestrado do Programa de Pós-graduação da Faculdade de Direito da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), que o músico e advogado Matheus Brant teve contato com a obra A Condição Humana, de Hannah Arendt, e aprofundou seu olhar sobre os vazios presentes no Direito do Trabalho. Instigado pelo tema, concluiu o curso com a dissertação “As Dimensões Esquecidas pelo Direito do Trabalho: composições e reflexões a partir de Hannah Arendt”.
     
    O estudo, no entanto, ganhou corpo e ultrapassou o universo acadêmico.Será lançado em abril como livro. Na interface entre filosofia, direito e arte, a obra “A música e o vazio no trabalho: reflexões jurídicas a partir de Hannah Arendt” (editora Initia Via) apresenta as múltiplas dimensões do trabalho em seu significado mais profundo para explicitar o inefável sob o ângulo do saber juridico-filosófico.
     
    O livro traz encartado um CD, o segundo de Matheus, com cinco canções compostas por ele.  Gravado e mixado por Lenis Rino e masterizado por Felipe Tichauer, as músicas como “Uma” e “Quintal” foram escritas durante a pesquisa e elaboração da dissertação e integram o próprio texto, ao lado da palavra escrita.
     
    Lançamento do livro ‘A música e o vazio no trabalho: reflexões jurídicas a partir de Hannah Arendt’ e show com músicas do CD que acompanha a edição
    → Quinta-feira, 24 de abril de 2014
    Horário: 20h
    Café 104

    *Na ocasião do lançamento, o livro será vendido pelo valor promocional de R$ 50,00

    Clique aqui e saiba mais sobre Matheus Brant

    Detalhes

    Saiba mais
  • 25 abr 2014

    Chuva a granel

    A banda Chuva a Granel lança No Ar, Dentro da Caixa, seu primeiro álbum. Desde 2008 os integrantes do grupo pesquisaram sonoridades, palavras, arranjos e composições para formar sua identidade sonora. O resultado é  um som com influência da música brasileira e do blues com destaque para a gaita, marca registrada da banda.

    Show de lançamento oficial do EP e vídeoclipe Achados & Perdidos

    → Sexta-feira, 25 de abril de 2014
    Horário: 21h
    Couvert: R$20,00
    Classificação: 18 anos
    Café 104

    Conheça, ouça:

    Detalhes

    Saiba mais

  • 25 abr 2014

    5º Juventude Okupa a Cidade

    Diversos grupos juvenis de Belo Horizonte e Região Metropolitana vão ocupar o centro de Belo Horizonte durante o Juventude oKupa a Cidade: fazendo política além dos limites. Em sua quinta edição, a proposta do evento é apresentar/discutir diferentes formas de ocupação do espaço urbano, entendendo essas manifestações como modos legítimos de participação social. O 5º okupa vai contar com apresentações artístico-culturais de diferentes grupos juvenis de Belo Horizonte e Região Metropolitana, além de um debate sobre o Estatuto da Juventude, lei que garante os direitos da população jovem no país e que está em vigor desde o último dia 2 de fevereiro.

    Estão confirmados o grupo IP4:20, do Barreiro (BH); o grupo Praça Hip Hop, de Venda Nova (BH); o Grupo de Dança Mafiosos, de Santa Luzia; o Sarau dos Vagal, de Nova Lima, e o Bloco das Pretas, de BH.

    → Sexta-feira, 25 de abril de 2014
    Horário: 18h
    Entrada gratuita, sujeita à lotação do espaço

    Capacidade: 400 pessoas. Classificação: Livre

    Detalhes

    Saiba mais
  • 26 abr 27 abr 2014

    Pinhole Day 2014

    O Dia Mundial da Fotografia Pinhole – Pinhole Day foi criado para promover e celebrar o ato simples e lúdico que é a produção de uma fotografia com câmera de orifício. A data é comemorada no último domingo do mês de abril. A técnica da fotografia pinhole utiliza câmeras artesanais, que consistem em recipientes totalmente escuros, nos quais a única entrada de luz é um pequenino furo – o termo pinhole significa furo de alfinete.

    O NIL – Núcleo Imagem Latente, grupo formado por professores e fotógrafos que se dedicam à fotografia, em parceria com o CentoeQuatro promovem uma exposição e dois dias de oficinas para celebrar essa data. Em Belo Horizonte, o NIL é responsável por todos os eventos de celebração doPinhole Day que acontecem na cidade desde 2001.

    Para inscrever nas oficinas não é necessário conhecimento prévio ou qualquer tipo de equipamento, todo o material será fornecido pelo NIL – Núcleo Imagem Latente. O resultado da produção da oficina poderá ser verificado no site do evento: www.pinholeday.org

    EXPOSIÇÃO
    :: Dias 26 e 27 de abril de 2014
    Horário: 9h às 18h
    Entrada gratuita

    OFICINAS
    → Sábado e domingo, 26 e 27 de abril de 2014
    Horários das turmas: 8h | 10h | 13h | 15h
    Inscrições: R$15,00 sem kit | R$35,00 com kit*
    Para se inscrever preencha este formulário e agende o dia e horário pelo telefone (31) 9601-5337
    Duração das oficinas: 1h40min
    Vagas limitadas
    * o kit é composto por: sacola, camiseta, câmera, papel fotográfico e manual
    Não é necessário nenhum pré-requisito

    Clique aqui e saiba mais sobre o Núcleo de Imagem Latente

    Detalhes

    Saiba mais
  • 26 abr 27 abr 2014

    Janela de Dramaturgia

    Idealizado em 2012 por Sara Pinheiro e Vinícius de Souza, o Janela de Dramaturgia chega à sua 3ª edição consolidando-se como um importante espaço de difusão, estímulo e discussão de dramaturgia contemporânea em Belo Horizonte.

    Em dois dias de encontro, irá reunir uma dezena de profissionais de Minas Gerais, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, São Paulo e Paraná – entre dramaturgos, professores, pesquisadores, artistas e críticos – para compartilhar ideias e palavras, potencializando trocas e experiências. Haverá rodas de conversa, leituras de textos e exposição de ideias.

    Sábado, 26 de abril de 2014
    Entrada gratuita

    16h | [roda de conversa] COMO VOCÊ FAZ?

    Tema: Processos criativos em dramaturgia
    Debatedores convidados: Diogo Liberano (RJ), Eid Ribeiro (MG) e Marina Viana (MG)
    Mediadora: Luciana Romagnolli
    18h | [leitura de texto]O narrador, de Diogo Liberano
    Sinopse: Três pessoas se reencontram no subsolo de um prédio comercial. Entre elas, um esforço em comum: contar histórias para lembrar o que era aquela coisa de ser humano.
    20h | [exposição de ideias] com Leonardo Moreira
    *Convidado para escrita de crítica: Henrique Vertchenko.

    → Domingo, 27 de abril de 2014
    Entrada gratuita

    16h | [roda de conversa] COMO VOCÊ MOSTRA?
    Produção e publicação em dramaturgia
    Debatedores convidados: Assis Benevenuto (MG), Diones Camargo (RS) e Lígia Souza Oliveira (PR).
    Mediadora: Luciana Romagnolli
    18h | [roda de conversa] 
ONDE ESTÁ O ESPECTADOR?
    O espectador no processo de criação dramatúrgica
    Debatedores convidados: Leonardo Lessa (MG), Luiz Carlos Garrocho (MG) e Rita Gusmão (MG)
    Mediadora: Luciana Romagnolli
    20h | [leitura de texto] Frames – um ensaio para R. W. Fassbinder, de Diones Camargo
    Sinopse: Um set de cinema. Nele, quatro personagens – um ator, uma atriz, um diretor e uma assistente – se cruzam constantemente, revelando aos poucos facetas de suas relações pessoais e do filme que estão rodando – uma obra cujas narrativas ficcionais se confundem com os dramas vividos durante o próprio processo de filmagem.
    *Convidado para escrita de crítica: Henrique Vertchenko.

    Mais informações no site do evento

    Detalhes

    Saiba mais
  • 27 mai 28 mai 2014

    [curso] Maquiagem com efeitos especiais

    Através da maquiagem de efeitos especiais, uma pessoa comum pode ser transformada em um monstro grotesco ou em um assustador zumbi. Esse tipo de maquiagem requer precisão e a utilização de produtos e técnicas específicos para um efeito realista. Imaginação e potencial artístico são úteis em sua aplicação.

    Mari Figueiredo é maquiadora especializada em efeitos especiais realísticos, vencedora do Prêmio Avon de Maquiagem 2013 na categoria AUDIOVISUAL com especialização em Hollywood com grandes nomes da maquiagem. Nos dias 27 e 28 de maio, Mari ministra curso completo da base para efeitos especiais. O curso abrange técnicas desenvolvidas pela própria maquiadora, além das tradicionais e improvisação de material visto a grande dificuldade de encontrar materiais próprios no mercado. Serão abordados: cortes, hematomas, arranhões, queimaduras de 1º, 2º e 3º graus, feridas coaguladas, fraturas, cicatrização, envelhecimento e outros.

    → Dias 27 e 28 de maio de 2014
    Horários: das 08 às 13h, na segunda e das 8h às 15h na terça-feira
    Inscrições: R$700 à vista | R$750 em até 12 parcelas
    Idade mínima: 16 anos
    Clique aqui para fazer sua pré-inscrição

    Não é necessário nenhum pré-requisito. Material incluso.
    Será emitido certificado para quem comparecer nos dois dias do curso.
    Material necessário: secador de cabelo (para o segundo dia do curso)

    Detalhes

    Saiba mais