Pular a navegação e ir direto para o conteúdo


Categorias

  • Nenhuma categoria

Blog

08 set

Violeiros e cantadores apresentam “Canta Sabiá”

“Canta Sabiá”, um show de música regional ritmado por violas e violões, promete encantar o público com um cancioneiro singelo e a beleza de um repertório inspirado nesse passarinho cantador. Déa Trancoso, Paulo Mourão, Seu Ribeiro, Ana Angélica Rolim, Luis Filippo e Ricardo Novais são os cantadores deste espetáculo. Uma realização do Instituto João Ayres com renda dos ingressos revertidas a entidade beneficente UDV.
Déa Trancoso é a cantora e compositora forjada no seio da cultura popular do Vale do Jequitinhonha, sua terra natal. Benzida em folia de reis, íntima do catimbó, do congado, dos bois de janeiro, do beira-mar, do folclore cotidiano que ainda compõe o retrato de nossas pequenas comunidades. Déa se dedica, desde cedo, a mostrar o Brasil para os brasileiros e para o mundo. Neste show, a voz cabocla se une à viola caipira, fazendo uma releitura de sucessos da música regional, canções singelas que falam de bem-querer, assuntos do coração, histórias de homens, de mulheres, de vida.
Paulo Mourão, compositor e músico instrumentista desde os 16 anos deixou-se contagiar pela viola caipira, tornando-se estudioso do instrumento em tempo integral e dedicando-se a pesquisas de sua origem, pontencialidades e feitos sonoros. Em 2002 e 2004, foi finalista em três edições consecutivas do festival BDMG instrumental, tendo sido aclamado pelo público como a melhor apresentação nas edições 2002 e 2003. Em 2003, lançou seu primeiro CD, “Viola Encantada”.
O compositor Ricardo Novais iniciou sua carreira como violonista clássico. venceu o XIII Concurso Nacional de Violão Souza Lima, em São Paulo, e gravou CD de repertório para violão solo. Em 2010, lançou seu primeiro CD autoral, “Parque”, com produção de Flávia Ferraz e participação do Trio Amaranto. Em 2008, foi convidado pela Rádio Universidade do Chile para o show autoral em homenagem aos 50 anos da bossa nova, realizado em Santiago.
Luiz Filippo, cantor, compositor, diretor e produtor cultural, iniciou seus estudos de canto em 1982 com barítono Paulo Fortes, na Escola de Música Villa-Lobos, no Rio de Janeiro. Em 1986, inaugurou o Centro Cultural Sergio Porto, em homenagem a Ary Barroso. Criou e atuou em vários espetáculos, entre eles “Regardez Sabarabucu Now”, Teatro Zimbinsk (1990), “Metabolar Instrumental” (1993) e Casa de Cultura Laura Alvim. Foi orientador vocal do disco “Mapa das Nuves”, da cantora MAria Rita, com participação de Luizinho Essa, Danilo Caymi, Marcos Susano e grupo Uakit.
A sonoridade do sabiá se faz presente na voz doce e marcante da cantora Ana Angélica Rolim, irmã do guitarrista Doca Rolim, do Skank. Cantora e professora de violão, Angélica sabe deixar sua marca nos palcos, revelando a força da musicalidade que traz no sangue.

Detalhes

Deixe um comentário