Pular a navegação e ir direto para o conteúdo


Categorias

  • Nenhuma categoria

Blog

  • 22 ago

    [programa|workshop|laboratório] MESHA LAB

    MESHA LAB:
    inspiração para ressignificar a sua vida e a sua carreira

    Durante 10 semanas, profissionais reconhecidos em Minas Gerais e
    no mundo se conectam para oferecer programa inédito em BH.

    Tempos difíceis desafiam a criatividade e nos provocam a pensar diferente. Pessoas e organizações dependem da capacidade de enxergar o mundo com outros olhos, se adaptar com velocidade e construir o futuro ao invés de ser surpreendidas por ele. Nesse contexto, o que fazem estudantes, professores, profissionais e empresários?

    Para responder a essa pergunta nasce o MESHA LAB (www.mesha.se) – uma conexão entre pessoas já engajadas em projetos inovadores, que têm em comum a coragem, a vontade e um plano para experimentar novos caminhos. A partir dessa união, um programa-workshop-laboratório foi cocriado com o objetivo de reduzir o abismo entre o ambiente acadêmico/corporativo e o mundo real.

    O programa pretende hackear paradigmas tradicionais para empoderar as pessoas a aplicar o conhecimento em suas vidas, suas organizações, negócios e comunidades. A primeira edição terá 32 encontros, entre 28 de setembro e 5 de dezembro, todas as segundas, terças e quartas, para apenas 30 participantes. “Estamos unindo, pela primeira vez, mais de 35 pessoas reconhecidas por seus cursos, projetos, experiências e subversões para sermos mais que uma multiplicidade de ações paralelas. Queremos correr juntos, num movimento para inspirar e cocriar jornadas de aprendizagem significativas diante das incertezas de hoje”, afirma Paulo Emediato, cofundador do projeto feito a muitas mãos.

    Os participantes vão vivenciar 102 horas de experimentação, compartilhamento de visões e ferramentas que instigam a criatividade e a capacidade de tirar ideias do papel. “Também teremos dois sábados para colocar as lições em prática e construir um protótipo de produto ou serviço”, completa Emediato.

    A programação foi construída dentro dos seguintes pilares: liderança e transformação pessoal/organizacional; educação e carreira; atitude empreendedora e inovação social; design thinking, processos criativos e colaborativos; novo contexto para o marketing; e projeção de cenários, tendências e futurismo.

    O MESHA LAB subverte o conceito de sala de aula e leva os participantes para locais estimulantes da cidade. “A gente acredita em ressignificar a experiência de aprendizado. Por isso fizemos parcerias com quatro espaços. Durante as aulas, os alunos podem beber e comer normalmente, num clima de happy hour. Afinal, não precisa ser chato pra ser bom e nem ser formal pra ser importante”, comenta Henrique Duarte, outro cofundador do programa. Os locais são Land Spirit – The Land Rover Club (segundas), Mercado Distrital do Cruzeiro (terças), Espaço Centoequatro e Casa UNA (quartas).

     

    Investimento

    O modelo de investimento também é inovador. Ao invés de um valor fixo de venda, o modelo se assemelha a um crowdfunding. O valor total é de R$3.500,00 + taxas. No entanto, o participante paga R$2.000,00 + taxas pela inscrição e, ao final do curso, paga o restante de acordo com sua avaliação, sendo: Nada (Ruim) / R$500,00 (Razoável) / R$1000,00 (Bom)  / R$1.500,00 (Ótimo). Ou seja: a única avaliação do MESHA LAB é feita pelos alunos em relação ao curso. “Seria muito fácil fazer um produto de prateleira. O que queremos é despertar um senso de colaboração e engajamento nas pessoas”, finaliza o coidealizador do projeto.

    Parcerias

    Além da colaboração entre os facilitadores e suas respectivas organizações, parcerias foram cruciais para sua viabilização. O TomLab apoiou integralmente com a comunicação do programa desde sua concepção. O Grupo Anima, a Cria! Cultura, o Espaço Centoequatro e o Land Spirit ofereceram seus espaços. Por fim, o Sympla disponibilizou sua plataforma de pagamentos online e a Tape.me a cobertura de fotos e vídeos ao longo do curso.

    MESHA LAB

    Quando?
    10 semanas, 32 encontros com mais de 35 facilitadores de 28 de setembro a 5 de dezembro.
    Toda segunda, terça e quarta, de 19h30 às 22h30, mais 2 sábados.

     Onde?
    Land Spirit – The Land Rover Club,
    Mercado Distrital do Cruzeiro,
    Espaço Centoequatro e Casa UNA.

    Quanto?
    R$3.500,00 + taxas, sendo R$2.000 + taxas e R$1.500 variável de acordo com a satisfação do participante.

    Inscrições a partir de 12 de agosto até o preenchimento das 30 vagas

    www.mesha.se
    Facebook: www.facebook.com/meshabh

    Informações
    contato@mesha.se

    Telefone: (31) 8886-3434

    Leia mais
  • 17 ago

    [evento] III Semana da Fotografia de BH

    III Semana da Fotografia de BH

     Exposição coletiva apresenta 15 ensaios que refletem a diversidade da fotografia mineira contemporânea.

     → Abertura: 4ª, dia 19 de agosto de 2015
    Horário: 20h
    Todas as atividades são gratuitas, com exceção da Festa do Erro99 (R$20)
    Duração: de 19 de agosto a 10 de setembro de 2015
    (inclusive às segundas, de 12h às 17h).

    Foto: Daniela Paoliello

    Viabilizada através da Lei Municipal de Incentivo à cultura, a III Semana da Fotografia de Belo Horizonte é um festival voltado para a celebração da fotografia enquanto expressão artística.

    A programação traz exposições individuais e coletivas, projeções temáticas, video-instalação, encontro com autores e mesas de discussão entre os produtores do festival, além do “Show de Likes” e o “Queimão Fotográfico” realizados em parceria com o coletivo Erro99. Tem ainda o “Troca de Olhares”, uma ação de incentivo ao colecionismo de fotografias atráves da troca de fotos impressas entre os participantes.

    A Semana da Fotografia visa a formação de público, partindo do mapeamento da produção fotográfica contemporânea no Estado, por meio de ações que privilegiam a multiplicidade de olhares que compõem o nosso panorama cultural.

    Foto: Thais Guimarães

    A exposição coletiva é um dos destaques. A partir de edital público, foram selecionados 15 projetos de ensaios fotográficos que refletem a diversidade da criação contemporânea. Das cenas urbanas às performances corporais, da natureza devastada à construção de cenários surreais, a mostra coletiva revela algumas das abordagens contemporâneas da fotografia autoral. Muito além do registro, são imagens de denúncia, poéticas, onde os fotógrafos se colocam, se desnudam, se revelam. A seleção apresenta novos  nomes como Daniela Paoliello, Thais Guimarães, Lucas Alameda e Rafael Carneiro, assim como reafirma autores já conhecidos como Leonardo Costa Braga, Rodrigo Zeferino e Zezinho Faria.

    Foto: Walmir Monteiro

    Para discutir com o público os critérios que nortearam a seleção dos trabalhos, a Semana da Fotografia de forma inédita, abre o debate no dia 20 (quinta-feira), às 19h, no auditório do Memorial Vale na Praça da Liberdade. Os curadores Adolfo Cifuentes, Fabiana Figueiredo, Francilins Castilho Leal, João Castilho e Tibério França apresentam os conceitos e critérios que nortearam a comissão julgadora para a seleção. Em pauta, a  fotografia contemporânea mineira, eventos e festivais. O bate-papo visa manter a transparência da Semana da Fotografia sobre a seleção dos trabalhos, além de fomentar a discussão.

    Foto: Zezinho Faria

    O coletivo Missão: Gandarela marca presença com uma instalação de fotos e vídeo concebida para o espaço expositivo do CentoeQuatro. O coletivo tem organizado ações visando a conscientização e mobilização popular pela preservação da região do Parque Nacional da Serra do Gandarela no entorno de Belo Horizonte. (Criado em outubro de 2014, o Parque é a primeira Unidade de Conservação Federal de proteção integral em região de interesse minerário). Nove artistas trabalharam no projeto coordenado pelo professor Paulo Baptista, da Escola de Belas Artes da UFMG.

    Foto: Henrique Marques

    Outro destaque é a obra “Paixão” de Nilmar Lage. Premiada no 8º Show de Likes organizado pelo coletivo Erro99, na ocupação artística do Cemitério do Peixe em junho passado. Com fotografias e video-instalação, o trabalho apresenta uma experiência particular do artista, sobre o processo de sofrimento e dedicação de sua mãe quando acompanhou seu irmão, diagnosticado com um câncer. A relação entre a morte, a arte e a religião estão presentes em imagens que também retratam histórias de outras mulheres.

    Os curadores Cleber Falieri e Marco Aurélio Prates selecionaram dez séries de um minuto de duração, para a Mostra audiovisual Projechão.
    As series são projetadas perpendicularmente ao solo. Todas as imagens obedecem à premissa de terem sido clicadas em perspectiva, sempre apontando a câmera para baixo.

    Foto: Erro 99

     No dia 21 (sexta-feira), às 21h, no CentoeQuatro, acontece a Festa do Erro99, com o divertido Show de Likes.
    Organizado pelo coletivo Erro99 é um duelo de ensaios fotográficos aberto a todos. Fotógrafos  podem  inscrever  um  ensaio  com até 10 imagens para ser projetado e julgado pelo público. O autor é convidado a falar sobre si mesmo e sobre o ensaio e, após a projeção, o público  se  manifesta  através dos bordões #FICA ou #VAZA e de plaquinhas de “Like” ou “Dislike”. Os ensaios que recebem o sonoro#VAZA são eliminados enquanto os restantes continuam sendo projetados e julgados até restarem três premiados. A Festa do Erro99 será embalada pelos MCs Douglas Din e Vinicin, pelo DJ Giffoni e ainda com as incríveis projeções de imagens dos Photo-Jockeys convidados do coletivo Selva SP.

    Foto: Erro 99

    No sábado, a partir das 19h, na Praça Sete, o coletivo Erro99 promove o Queimão Fotográfico em que qualquer pessoa pode levar uma imagem impressa para ser leiloada e as fotos que não recebem lances são queimadas em praça pública! Os autores das fotos só são revelados após a venda ou queima, colocando fotógrafos renomados e desconhecidos em um mesmo patamar.

    E para encerrar a III Semana da Fotografia com estilo, a Associação de Fotógrafos Fototech MG, promove o FotoaPé um passeio fotográfico pelas ruas de Belo Horizonte para exercitar o olhar street photographer. A proposta é simples: basta se unir à equipe Fototech no domingo, 23 de agosto, às 8 horas da manhã, no Coreto da Praça da Liberdade com uma câmera fotográfica (vale celular!) para sair pela cidade clicando. Um convite para um olhar afetivo sobre a cidade que em breve completará 120 anos!

    PROGRAMAÇÃO 

    Foto: Coletivo Vértice

    EXPOSIÇÃO COLETIVA
    Período: de 19 de agosto (abertura às 20h, aberto a todos) até 10 de setembro
    Horários:
    Segundas – das 12h às 17h
    De terça à sábado – das 10h às 22h
    Domingos – das 10h às 19h
    Local: CentoeQuatro

    Selecionados: Coletivo Vértice (Daniel Protzner e Henrique Consenza), Daniel Pinho, Daniela Paoliello, Fred Karklin, Gabriel Nast, Henrique Marques, Leonardo Costa Braga, Lucas Alameda,
Pedro Sales, Rafael Carneiro, Rodrigo Zeferino, Rosceli Vita, Thais Guimarães, Walmir Monteiro e Zezinho Faria.


    Foto: Leonardo Costa Braga

    DEBATE COM OS CURADORES DA EXPOSIÇÃO COLETIVA
    Dia 20 de agosto
    Horário: 19h
    Local: Memorial Minas Gerais Vale (Auditório) - Praça da Liberdade, 640 – Funcionários
    Entrada Franca

    INSTALAÇÃO MISSÃO:GANDARELA (Fotografia e vídeos)
    www.facebook.com/missaogandarela
    Período: de 19 de agosto (abertura) a 10 de setembro
    Horários: Segundas – das 12h às 17h
    De terça à sábado – das 10h às 22h
    Domingos – das 10h às 19h
    Local: CentoeQuatro

    PAIXÃO (Fotografia e video-instalação) Autor: Nilmar Lage
    Obra Premiada no Show de Likes em Cemitério do Peixe, em junho de 2015
    Período: de 19 de agosto à 10 de setembro
    Local: Centoequatro

    PROJECHÃO (Mostra audiovisual)
    Período: De 19 a 22 de agosto
    Local: Sala 4 (CentoeQuatro)

    Participantes: Caio Vita, Caroline Gandra, Claudio Nadalin, Felipe Lessa Sampaio, Goretti Nunes, Gui Guimarães, Guilherme Bergamini, Júlio Toledo, Márcia Cabral, Rafael Carneiro, RaylanderMártis, Rogério de Souza e Rosceli Vita.

    TROCA DE OLHARES (Exposição coletiva)
    Período: 20 a 22 de agosto
    Local: CentoeQuatro
    Troca: 22 de agosto (sábado),  a partir das 14h

    Foto: Erro 99

    SHOW DE LIKES
    Dia 21 de agosto (sexta-feira)
    Horário: 22h
    Local: CentoeQuatro

    FESTA DO ERRO99
    Dia 21 de agosto (sexta-feira)
    Horário: 22h
    Local: CentoeQuatro
    Ingressos: R$20

    EXPOSIÇÃO DOS TRABALHOS DA OFICINA TINA DESCOLADA
    Dia 22 de agosto (sábado)
    Horário: 14h
    Local: CentoeQuatro

    Foto: Erro 99

    QUEIMÃO FOTOGRÁFICO
    22 de agosto (sábado)
    Horário: 19h
    Local: Praça Sete

    FotoaPé FOTOTECH – Passeio fotográfico
    Dia 23 de agosto, domingo
    Horário: 8h
    Local de encontro:
    Coreto da Praça da Liberdade

    Link para mapa com os locais da Semana
    https://www.google.com/maps/d/edit?mid=z2mNHK1PW4k4.kgoMmgWiPMZQ&usp=sharing

    Foto: Rodrigo Zeferino

    www.semanadafotografiabh.com.br

    Assessoria de Imprensa
    Giovanna Almeida
    giocenicas@gmail.com

    Informações
    coordenação@semanadafotografiabh.com.br

    Realização
    Tiberio França
    tiberiofranca@gmail.com
    31 9981 4327

    Leia mais
  • 17 ago

    [Cine 104 - inscrições] A Escola Vai ao Cinema

    Cine 104 abre inscrições para a edição 2015 do projeto “Escola Vai ao Cinema”

    Professores, leiam abaixo as informações sobre o projeto e cliquem aqui para agendar uma sessão.

    Filmes disponíveis para agendamento de sessões para escolas, no Cine 104, em 2015:

    Branco Sai, Preto Fica | Direção: Adirley Queirós, 2014, 90 min | Classificação: 12 anos

    Hoje eu quero voltar sozinho | Direção: Daniel Ribeiro, 2014, 96 min | Classificação: 12 anos

    O Menino e o Mundo | Direção: Alê Abreu, 2013, 85 min | Classificação: livre

    O Projeto “Escola Vai ao Cinema”

    Com o objetivo de propiciar o contato de estudantes com importantes filmes da cinematografia brasileira recente, o CentoeQuatro dá continuidade ao programa educativo Escola Vai ao Cinema. A ideia do projeto é ir além do entretenimento. Para isso, todas as sessões contam com a presença de especialistas convidados que, após a exibição do filme, participam de um bate-papo com os  jovens sobre cinema, linguagem cinematográfica e também sobre questões sociais e políticas trazidas por cada filme.

    As escolas da rede pública que tiverem interesse em levar turmas de alunos (acima de 10 anos) para assistir a uma sessão comentada de um filme brasileiro deverão se cadastrar no site do CentoeQuatro (link para página “Escola Vai ao Cinema”).

    A escola poderá escolher um filme entre os três títulos disponíveis, agendar a data e horário da sessão – no turno da manhã ou tarde – e levar a turma para ver o filme e participar de um debate, logo após a exibição. As atividades acontecem no Cine 104, que tem capacidade para 90 pessoas.

    A atividade é gratuita para escolas públicas, devendo a escola ficar responsável apenas pelo transporte dos alunos. As escolas particulares que tiverem interesse, também podem participar do programa, basta entrar em contato pelo e-mail cine@centoequatro.org para saber as condições e valores.

    Informações sobre os filmes:

    Branco Sai, Preto Fica
    Direção: Adirley Queirós
    Brasil/ DF, 2014, 90 min
    Classificação indicativa: 12 anos

    Sinopse: Tiros em um baile black na periferia de Brasília ferem dois homens. Um terceiro vem do futuro para investigar o acontecido e provar que a culpa é da sociedade repressiva.

     

    Hoje Eu Quero Voltar Sozinho
    Direção: Daniel Ribeiro
    Brasil, 2014, 96 min
    Classificação indicativa: 12 anos

    Sinopse: Leonardo, um adolescente cego, tenta lidar com a mãe superprotetora ao mesmo tempo em que busca sua independência. Quando Gabriel chega na cidade, novos sentimentos começam a surgir em Leonardo, fazendo com que ele descubra mais sobre si mesmo e sua sexualidade.

     

    O Menino e o Mundo
    Direção: Alê Abreu
    Brasil, 2013, 85 min
    Classificação indicativa: livre

    Sinopse: Sofrendo com a falta do pai, um menino deixa sua aldeia e descobre um mundo fantástico dominado por máquinas-bichos e estranhos seres. Uma inusitada animação com várias técnicas artísticas que retrata as questões do mundo moderno através do olhar de uma criança.

     

    Moderadores participantes

    Carla Maia - ensaísta e pesquisadora de cinema, atua também como curadora, professora, realizadora e produtora. Doutoranda do Programa de Pós-Graduação em Comunicação Social da FAFICH/UFMG. Diretora do documentário Roda, co-dirigido por Raquel Junqueira. Integra o coletivo  Filmes de Quintal, que realiza o forumdoc.bh: Festival do Filme Documentário e Etnográfico de Belo Horizonte.

    Ewerton Belico – professor, pesquisador e curador de cinema, integra a Associação Filmes de Quintal e é um dos organizadores do forumdoc.bh. Foi curador do Festival Internacional de Curtas-Metragem de Belo Horizonte (2012-2014) e é curador do II Fronteira – Festival de cinema documentário e experimental de Goiânia. Foi jurado do da Mostra de Cinema de Tiradentes (2015) e atualmente trabalha na pré-produção do seu primeiro longa metragem.

    Gustavo Jardim - realizador audiovisual, dirigiu os filmes “Rivadavia 2010″, “A Hora do Primeiro Tiro” e “O Bagre Africano de Ataléia”. Trabalha com suportes variados entre diversas artes e o cinema. É professor do programa Imagens em Movimento em parceria com a Cinemateca Francesa e pesquisador em Cinema e Educação pelo mestrado da FAE/UFMG.

    Maria Elisa Macedo - mestranda em Cine y Teatro latinoamericano na Universidad de Buenos Aires e graduou-se em Jornalismo UNI-BH.  Professora em oficinas e cursos livres de audiovisual e comunicação de projetos como  Além dos muros das escolas, parceria entre Faculdade de Educação da UFMG e o Espaço Cultural CentoeQuatro; o MVMOB, Tela Mágica – circulação de cinema no interior de MG. Entre seus trabalhos autorais estão o curta metragem Ciudad Visible, exibido em Buenos Aires e BH e sua primeira exposição individual de fotografia Mira, um olhar sobre Cuba.

    clique aqui para agendar uma sessão

    Leia mais
  • 11 ago

    [Cine 104] Sessão comentada com o diretor Gregório Graziosi – Obra

    Gregório Graziosi, diretor do filme Obra, participa de um debate com o público após a sessão de 20h40, no dia 18 de agosto, terça-feira.

    → Dia 18 de agosto de 2015
    Horário: 20h40
    Entrada R$ 10 / R$ 5 (meia entrada)
    Classificação indicativa: 12 anos

    Leia mais
  • 11 ago

    [evento] CreativeMorningsBH – A Festa

    Se você achava que o Creative só gostava das manhãs a gente vai provar que a criatividade também é da noite.

    Essa é a festa que vai comemorar os dois anos de CreativeMornings em BH, com muita música boa e a única semelhança: a comunidade criativa pra celebrar com a gente.

    Você não pode perder!!

    Sexta-feira, dia 14 de agosto, no CentoeQuatro
    Horário: 20h30

    Ingresso: R$24 (disponíveis a partir do dia 10/08, segunda-feira, 11h)
    Compre aqui: http://bit.ly/1Uto2yE 

    Os ingressos são limitados e não serão comercializados na porta do evento.

    Leia mais
  • 11 ago

    [Café 104 apresenta] Kadu Vianna

    Sábado, no Café104 o cantor e compositor mineiro Kadu Vianna apresenta clássicos e novidades da música popular brasileira, canções internacionais consagradas, além de canções autorais.

    Kadu Vianna constrói seu caminho mesclando MPB, Pop e Jazz. Formado em canto lírico pela Universidade Federal de Minas Gerais, lançou-se oficialmente no mercado em Dezembro de 2003, com o lançamento do seu primeiro CD de carreira, homônimo a ele.

    O CD, produzido por Luiz Brasil, com participação especial de Carlinhos Brown e música inédita de Paulinho Moska, lhe permitiu adquirir experiência suficiente para assumir a produção, direção musical e arranjos de seu segundo trabalho, intitulado “DENTRO”, lançado no ano de 2007 que contou com as brilhantes presenças de Milton Nascimento e Marina Machado.,

    Em 2011 veio seu terceiro álbum, “QUERENDO CHEGAR”, produzido pelo próprio Kadu, ao lado dos parceiros César Santos e Arthur Rezende.

    Além do seu trabalho solo, Kadu Vianna integra o Quarteto Cobra Coral, ao lado de Pedro Morais, Mariana Nunes e Flávio Henrique. O quarteto com foco na MPB lançou seu primeiro disco em Dezembro de 2012 e lança em Março deste ano seu segundo disco, intitulado “Pra cada um ser o que é”.

    A música faz parte de sua história desde a infância. Com o avô paterno e alguns tios músicos, ganhou do pai, seu primeiro violão aos quatro anos, começou a estudar o instrumento aos oito, conquistou seu primeiro festival da canção aos quinze, com uma música própria composta aos doze. Em verdade, nunca parou de tocar e cantar.

    Já esteve em diversos palcos do Brasil, ao lado de nomes como Milton Nascimento, Ed Motta, Leila Pinheiro, Paulinho Moska, Flávio Venturini, Vander Lee, Toninho Horta, Marina Machado, entre outros.

    Após participar do programa The Voice Brasil 3, da Rede Globo de Televisão, encontra-se em fase de finalização de seu quarto disco solo, totalmente autoral, intitulado “Entre vento e mar”. Neste novo trabalho, Kadu assume além da produção, a composição de todas as músicas e letras, a construção de todos os arranjos e a execução de violões, guitarras, baixos, pianos, teclados, percussões, vozes e vocais. Têm ainda seu primeiro DVD solo ao vivo recém finalizado, com lançamento previsto para o início desse ano.

    Kadu Vianna
    Sábado, 15 de agosto
    22h
    Abertura da casa: 20h
    Couvert: R$ 20

    Café 104 – Praça Rui Barbosa, 104, Centro
    Informações: 3222-6457
    Estacionamento conveniado: Park Box (Av. Santos Dumont, 218, Centro – R$ 5,00 – preço único)

    Leia mais
  • 06 ago

    [Café 104 apresenta] 104 All Star Band



    Sábado, no Café104:
    104 All Star Band convida Tássia Holsback

    Depois de lotar a casa na semana passada, a cantora/compositora Tássia Holsback volta ao Café104, desta vez como convidada especial no show da 104 All Star Band.

    A apresentação acontece no próximo sábado, dia 08 de agosto, às 22h, no Café104 e vai misturar clássicos do blues e do rock’n roll dos anos 60 e 70 em clássicas canções ao repertório de Tássia.

    Reservas de mesas poderão ser feitas, antecipadamente, pelo whatsapp: 031 9221-9455.
    Ingressos individuais a R$ 20,00.

    A 104 All Star Band se apresenta com a formação:
    Eduardo Vasconcelos (vocal)
    Fernando Prado (Guitarra)
    Walner Lucas (teclados)
    Flávio Garcia (bateria)
    Marcio Silva (baixo)


     SERVIÇO
    Café104 apresenta
    104 All Star Band convida Tássia Holsback
    Sábado, dia 08 de agosto, às 22h
    Reservas de mesas pelo whatsApp: 031 9221-9455
    Ingressos individuais a R$ 20,00
    Abertura da casa: 20h 

    Estacionamento conveniado – Park Box
    (Av. Santos Dumont, 218, Centro -
    R$ 5,00 – preço único)

     Café104
    Praça Ruy Barbosa, 104 – Centro – BH
    Tel. (31) 3222.6457

    Detalhes

    Leia mais
  • 06 ago

    [evento] Happy Hour Solar

    Na sexta-feira, 07 de agosto, a partir das 18h, a ONG Solcial promove,  no  Café104, o Happy Hour Solar.  

    Com o objetivo de fazer com que os benefícios da energia solar cheguem ao mais necessitados, a Solcial vai chamar a atenção para suas próximas campanhas e anunciar os próximos projetos, através de dinâmicas para interação entre os presentes. Ainda dentro da programação, Miriam Pena, diretora da Emap Solar e Emap Montagens, e responsável pela instalação dos painéis solares do Mineirão, fará uma palestra sobre o panorama da energia solar no Brasil e em Minas Gerais.

    No evento, atenção maior voltada à campanha que beneficiará o Abrigo Ary Rolim, fornecendo eletricidade limpa para mais de 30 famílias em situação de vulnerabilidade.

    Happy Hour Solar tem entrada gratuita e é destinado à imprensa, instituições filantrópicas, empresas apoiadoras, governo, potenciais voluntários e, claro, doadores. A presença deverá ser confirmada através do site:
    https://www.sympla.com.br/happy-hour-solar—solcial__39891
    Maiores informações pelos telefones  9591 4888 / 9285 6655.

    SERVIÇO
    Happy Hour Solar
    Sexta-feira, 07 de agosto, a partir das 18h
    Entrada gratuita
    Maiores informações: 9591 4888 / 9285 6655 

    Café104
    Praça Rui Barbosa, 104 – Centro
    Tel. (31) 3222.6457

    Estacionamento conveniado – Park Box
    (Av. Santos Dumont, 218, Centro -
    R$ 5,00 – preço único)

    Detalhes

    Leia mais
  • 04 ago

    [mostra] Cinema Animal – Itinerância BH

    Mostra Animal – Mostra Internacional de Cinema pelos Animais
    Itinerância Belo Horizonte – 6 a 12 de agosto

    Entre os dias 6 e 12 de agosto, Belo Horizonte receberá pela primeira vez a Mostra Animal – Mostra Internacional de Cinema pelos Animais, que acontece em Curitiba desde 2009 e circula por outras cidades brasileiras em programações itinerantes.

    A mostra é organizada pela Sociedade Vegetariana Brasileira de Curitiba e de Belo Horizonte e pelo Movimento Mineiro pelos Direitos Animais, com o apoio do Cine 104.

    Entrada gratuita com distribuição de ingressos meia hora antes das sessões
    Classificação indicativa: 14 anos
    Mais informações em: www.mostraanimal.com.br

     

    →  06 de agosto (quinta), 19h

    Fulaninho, o cão que ninguém queria
    Direção: Denise Gonçalves, Brasil/ SP, 2001, 18 min

    Sinopse: Cãozinho abandonado relata sua vivência e ensina sobre a guarda responsável de animais de estimação.
    Tauromachine (Tauromachine)
    Direção: Christophe Thomas, França, 2012, 5 min

    Sinopse: Christophe Thomas, um ativista francês, decide salvar um touro (Fadjen) que teria como destino certo a arena sangrenta das touradas. Da raça “Touro Bravo”, os criadores alertaram que seria naturalmente agressivo, selecionado geneticamente para atacar o homem em um duelo até a morte. Mas será que o amor de um homem seria capaz de provar o contrário?
    Confira ao som da música Tauromachine, de Matthias Ferranges, o dia-a-dia de Fadjen. Christophe e Fadjen estão hoje à frente do movimento mundial pelo fim das touradas.
    Toda diferença do mundo (All the Difference in the World)
    Direção: Jenny Stein, EUA, 2013, 16 min

    Sinopse: “Toda a diferença do mundo” compartilha a história dramática e inspiradora de um dos maiores resgates de animais na história dos Estados Unidos, após a destruição de uma fazenda industrial de ovos por um furacão. Ele oferece um insight sobre uma questão que assombra muitos dos que lutam por justiça social: com problemas tão grandes e complexos, como podem os nossos esforços individuais significar alguma coisa ou fazerem real diferença diante da enormidade da tragédia e da injustiça? A resposta reside na abordagem corajosa adotada por esses salvadores de animais. Ao invés de sucumbir ao desespero, eles reúnem uma comunidade para juntos fazerem tudo o que podem, enquanto
    sabem que inúmeros indivíduos não poderão ser salvos. Ao mesmo tempo que carregam em seus corações o peso de todas as tragédias que eles são incapazes de impedir, eles também abrem-se à alegria que chega quando se dá tudo o que se tem para oferecer.

     

    Jim Morris: fitness ao longo da vida (Jim Morris – Lifelong Fitness)
    Direção: Ryan Vance, EUA, 2014, 17 min

    Sinopse: Como fisiculturista professional por 30 anos, Jim ganhou muitos grandes títulos incluindo Mr. America, Mr. USA e Mr. International. Em 1996, Jim ganhou o Mr. Olympia masters com idade de 61 anos, sendo vegetariano. Em 2000, Jim se tornou vegano por motivos éticos e de saúde. Ele continua a treinar regularmente e trabalha como personal trainer em Venice, California. O filme explora a fantástica estória e os pensamentos fascinantes de Jim sobre a vida, envelhecimento e realização pessoal.

     

    →  07 de agosto (sexta), 19h

    Nós
    Direção: Fernanda Lange, Brasil/ SC, 2014, 3 min

    Sinopse: A privação da liberdade é um dos piores retratos da violência que cometemos contra os animais não-humanos. Em um pacto com tradições antropocêntricas incompreensíveis, a limitação de movimentos suga, também, o psicológico – diariamente. O que fizemos? O que eles fizeram para merecer isso?

     

    Leitão pururuca
    Direção: Fiori Vonière, Brasil/ PR, 2014, 8 min

    Sinopse: Uma noite de Natal se transforma num velório macabro quando cristianismo e espiritualidade se chocam em poesia.
    Planeat (Planeat)
    Direção: Or Shlomi e Shelley Lee Davies, Inglaterra, 2011, 72 min

    Sinopse: PLANEAT é a história da busca de três homens para encontrar uma dieta que seja boa para nossa saúde, boa para o ambiente e boa para o futuro do planeta. Com um elenco adicional de chefs pioneiros e a melhor culinária que você já viu, os cientistas e médicos no filme apresentarão um caso convincente para o Ocidente reexaminar o seu caso de amor com carne e produtos lácteos. O filme apresenta o inovador trabalho do Dr. T Colin Campbell na China explorando a ligação entre dieta e doença, o uso da dieta pelo Dr. Caldwell Esselstyn para o tratamento de pacientes com doença cardíaca, e as investigações do cientista Dr. Gidon Eshel sobre como nossas escolhas alimentares contribuem para o aquecimento global, uso da terra e zonas mortas do oceano. Com a ajuda de alguns agricultores inovadores e chefs, PLANEAT
    mostra como os problemas que enfrentamos hoje podem ser resolvidos, sem ter que recorrer a uma dieta de lentilhas e folhas de alface.

     

    →  08 de agosto (sábado), 19h

    Pegada Tóxica (Tail of Toxics)
    Direção: Aryenish Birdie, EUA, 2014, 3 min

    Sinopse: Testes excruciantes são realizados em milhares de animais todos os dias para trazer novas drogas, cosméticos e pesticidas para o mercado.
    Reconhecendo que a experimentação animal é lenta, exige grandes recursos e não necessariamente prevê resultados confiáveis sobre a saúde de seres humanos, a Academia Nacional de Ciências dos EUA recomendou a mudança de testes com animais para métodos de ensaio sem animais, que são mais precisos e de baixo custo. Entenda porque o teste em animais não é a melhor opção sob o ponto de vista científico e ético, nessa dinâmica animação produzida pelo Comitê Médico pela Medicina Responsável (Physicians Committee for Responsible Medicine – PCRM), respeitada organização norte-americana.

     

    Penso, logo… não durmo
    Direção: Luara Lux, Brasil/ PR, 2014, 12 min

    Sinopse: É difícil dormir imersa em tanta tranquilidade.

     

    Peaceble Kingdom: jornada rumo ao lar (Peaceble Kingdom: the journey home)
    Direção: Jenny Stein, EUA/ 2012, 78 min)

    Sinopse: Abra seus olhos. Confie em seu coração. Faça a jornada. Cinco fazendeiros, uma oficial de proteção animal, um protetor e uma vaca chamada Snickers farão você rir, chorar , expandir sua consciência e desafiar o que você pensa sobre a pecuária. O premiado documentário é uma história fascinante de transformação e cura. Ele explora como várias pessoas do meio rural experienciaram uma batalha com a própria consciência na medida em que questionaram pressupostos básicos do meio de vida que herdaram. Tem sido descrito como “uma experiência transformadora” pelo público.

     

    →  09 de agosto (domingo), 19h


    Um pedido de desculpas aos elefantes (An Apology to Elephants)
    Direção: Amy Schatz, EUA, 2013, 40 min

    Sinopse: Narrado por Lily Tomlin e dirigido pela ganhadora do EMMY Amy Schatz, “Um pedido de desculpas aos elefantes” conta a problemática história dos elefantes em cativeiro. Um chamado para a compaixão e melhor tratamento, o filme é também uma súplica para que salvemos o que sobrou na Natureza de nosso mundo.

     

    Lolita – escrava pelo entretenimento (Lolita – Slave to entertainment)
    Direção: Tim Gorski, EUA, 2013, 56 min

    Sinopse: segredos obscuros da indústria multi-bilionária dos aquários, questionando a ética humana no relacionamento com animais para
    entretenimento. Retrata a comovente história de Lolita, uma baleia assassina mantida em exposição no Aquário Marinho de Miami, Flórida, por mais de 40 anos.

     

    →  11 de agosto (terça), 19h

    A história de uma mãe (Die Geschichte einer mutter)
    Direção: Adrian Marmy, Suíça, 2014, 4 min

    Sinopse: Um curta que conta a história trágica da vida de uma mãe.

     

    Os papagaios selvagens de Telegraph Hill (The Wild parrots of Telegraph Hill)
    Direção: Judy Irving, EUA, 2003, 83 min

    Sinopse: “Os Papagaios Selvagens de Telegraph Hill” é a verdadeira história de um boêmio de São Francisco e seu notável relacionamento com um bando de papagaios selvagens verdes e vermelhos. Mark Bittner, um músico de rua sem-teto em San Francisco, se encontra com o bando enquanto ele procura um sentido para a sua vida, sem saber que os papagaios selvagens vão lhe trazer tudo o que ele precisa.

     

    →  12 de agosto (quarta), 19h

    A.l.F.(A.L.F.)
    Direção: Jérôme Lescure, França, 2013, 96 min

    Sinopse: 26 de dezembro … Olivier Chartier, um policial francês, tem que descobrir o que aconteceu na véspera do Natal: Franck, um professor de teatro insignificante, foi colocado em prisão preventiva… Este homem, como suspeita Chartier, é membro de um grupo sem líder: a Frente de Libertação Animal…
    Estas pessoas voluntariamente optam por quebrar a lei para salvar os animais, impulsionadas por sua empatia em relação a esses seres vivos torturados. Para eles, quando a linha da razão é cruzada, você tem que esquecer o que é legal para fazer o que parece ético.

    Detalhes

    Leia mais